43ª CIPM cria site denuncia criminal para as cidades de Itamaraju, Prado e Jucuruçu

Há poucos meses no Comando da 43ª CIPM, o Major Leão vem buscando alternativas no sentido de melhorar a segurança nas cidades de sua área de responsabilidade territorial, a saber, Itamaraju, Prado e Jucuruçu, onde tem procurado estimular a participação da comunidade na prevenção e combate ao crime, principalmente através de denúncias feitas por meio do 190.

Site Denuncie

Quando da sua chegada á unidade, abraçou o Projeto de Video-monitoramento da cidade de Itamaraju, defendido pela sociedade civil organizada em audiência pública em que se discutiu a segurança pública na cidade e que está a caminho de sua materialização. Em seguida, ativou o Pelotão de Emprego Operacional Tático (PEOT), com guarnições, reforçadas em numero de policiais e em armamento, para atuar de forma mais repressiva à criminalidade e que vem apresentado bons resultados na cidade de Itamaraju, com apreensão de armas e drogas e prisão de criminosos.

Dessa vez, a fim de tornar o policiamento ostensivo prestado pela 43ª CIPM mais eficaz e eficiente, o Major Leão aposta mais uma vez na colaboração da comunidade que é quem mais sofre com a criminalidade e a violência urbanas. Para tanto, já colocou em funcionamento mais uma ferramenta a serviço da segurança pública o “DENUNCIE NET” que será de grande utilidade na prevenção e repressão de crimes nas cidades de sua área (ou nas demais cidades do Extremo Sul, com a informação sendo repassada para a unidade que tem responsabilidade sobre a cidade alvo da denúncia), e que funcionará no seguinte endereço virtual:  www.denuncie.net .

De acordo com o comandante, o serviço já está disponível na rede mundial de computadores, funcionando 24h, com a garantia do anonimato dos denunciantes. Onde as denuncias passarão por uma triagem e serão encaminhadas para a averiguação, bem como ajudarão a direcionar melhor as ações do policiamento, sendo aquelas que envolverem policiais direcionadas para a Corregedoria da Unidade a fim de serem apuradas. Ressaltou ainda que as pessoas, como observadoras do quotidiano, percebem anormalidades que acontecem à sua volta e por isso podem denunciar suspeitos de praticarem crimes como tráfico de drogas, porte ilegal de armas e roubos, bem como a presença de foragidos da justiça, de modo a relatar de forma minuciosa a características físicas e endereço onde poderão ser encontradas pela polícia.

“ A nossa Constituição Federal é bastante clara ao estabelecer que segurança publica, muito mais que um direito do cidadão e dever do estado, trata-se de uma responsabilidade de todos. Assim, não dá mais para as pessoas ficarem na plateia assistindo a violência urbana crescer  a ponto de atingir elas mesmas ou seus familiares, sem nada fazerem para minorar essa problemática social.  Com “Denuncie Net” qualquer cidadão poderá ajudar as autoridades a combater o crime, tendo a sua identidade preservada, fazendo com que a segurança pública seja não apenas um problema da polícia, mas uma questão de cidadania”, concluiu o Comandante.

Fonte | ASCOM 43a CIPM

Deixe seu comentário