Animais oriundos da Bahia são repatriados pelo Rio de Janeiro

O Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), de Porto Seguro, recebe amanhã (11/11), em suas dependências, um total de 286 animais que estão sendo repatriados do Estado do Rio de Janeiro.

Os animais estão sendo conduzidos por uma equipe de servidores que inclui a própria Superintendente do Ibama em Rio de Janeiro, Silvania Medeiros Gonsalves, além de uma veterinária e o coordenador de biodiversidade do Ibama naquele estado.

ibama-fiscais

Segundo informações da equipe, são 274 jabutis, 11 pássaros das espécies currupião, cardial, azulão e galo de campina, e uma iguana, que estão sendo repatriados. Isto porque são todos oriundos do Nordeste, da Mata Atlântica, e que foram apreendidos em operações de fiscalização realizadas pelo Ibama e órgãos parceiros, como as polícias ambientais; em entregas voluntárias e resgate, em várias localidades como feiras livres, no estado.

De acordo dados fornecidos pela equipe, O Rio de Janeiro é considerado como rota final do tráfico de animais silvestres, ou seja, onde são comercializados os espécimes capturados nos Estados do Nordeste, a exemplo da Bahia.

A previsão de chegada da equipe no CETAS de Porto Seguro é às 14 hs.

Por | Ascom

Deixe seu comentário