Ano letivo começa para 835 mil estudantes da rede estadual

Muita expectativa marcou, na manhã desta segunda-feira (15), a volta às aulas dos 835 mil alunos matriculados nos 1.320 colégios estaduais da Bahia. No Colégio Estadual Rômulo Almeida, no bairro do Imbuí, em Salvador, onde estudam aproximadamente 1,5 mil alunos no ensino médio, o clima era de descontração, mas sem perder o foco nas metas. Nesta quarta-feira (17), será ministrada a aula inaugural de toda a rede. O evento, no Centro Educacional Carneiro Ribeiro, a Escola Parque, no bairro da Caixa D’água, na capital, terá participação do governador Rui Costa, com transmissão ao vivo pela TVE Bahia.

O secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, esteve na unidade de ensino do Imbuí, na manhã desse primeiro dia de atividade. Na ocasião, ele reiterou os princípios do programa Educar para Transformar e fez anúncios. “Estamos ampliando o número de alunos na Educação Integral, saindo de 15 mil para 26 mil alunos, e o número de alunos na Educação Profissional, de 82 mil para 90 mil. Também ampliamos o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica [Emitec], uma modalidade interativa de ensino que utiliza a internet e a televisão para chegarmos às áreas mais remotas do nosso estado”.

Retorno às aulas na rede estadual Foto: Elói Corrêa/GOVBA

As vantagens de se dedicar nos estudos e, consequentemente, obter boas notas, foram enfatizadas aos alunos pelo diretor do colégio, Elísio Souza, logo no primeiro dia de aula. Segundo ele, os alunos que obtiverem o melhor desempenho concorrerão a vagas de estágio nos poderes Executivo e Judiciário. “Temos dois convênios com instituições estaduais, um com o Inema [Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia] e outro com o Tribunal de Justiça da Bahia [TJBA], em que a seleção dos estudantes para estágio é por mérito. São analisadas as notas e os alunos são encaminhados para entrevista. Geralmente, são selecionados para o estágio”. Elísio informou ainda sobre outra parceria com uma ONG internacional. “Oferecemos bolsa de cursinho pré-vestibular. São dez bolsas para alunos que estão indo agora para o 3º ano, também por mérito pela melhor nota. Trinta estudantes são encaminhados para uma empresa de recursos humanos e lá, através de dinâmicas de recrutamento, são selecionados para o curso pré-vestibular”.

Por | Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *