Bahia: Itabuna tem queda de 32% no número de homicídios no quadrimestre

O município de Itabuna registrou, no primeiro quadrimestre deste ano, uma redução de 32 por cento no índice de homicídios em relação a igual período de 2012, quando aconteceram 69 assassinatos. Entre janeiro e abril de 2013, ocorreram 47 homicídios na cidade. As estatísticas policiais mostram ainda que, no mês passado, Itabuna teve o menor número de homicídios em comparação aos meses de abril dos últimos seis anos.

13b258e8-f039-408b-9782-6a0c91bef151_homicidio-300x224

Os números foram divulgados, nesta quarta-feira (8), pelos delegados Moisés Damasceno, diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), e Evy Paternostro, coordenador da 6ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior).  Itabuna registrou sete assassinatos entre os dias 1º e 30 de abril deste ano. Nos meses de abril dos anos de 2012, 2011, 2010, 2009, 2008 e 2007 ocorreram, respectivamente, 11, 14, 17, 14, 11 e dez homicídios na cidade.     

Segundo o delegado Marlos Macedo, titular da Delegacia de Homicídios (DH/Itabuna), entre 1º de janeiro e o dia 3 de maio deste ano, aconteceram 37 tentativas de assassinato no município. “Depois da implantação da DH em Itabuna, homicídios e tentativas passaram a ser investigados com mais celeridade. Contamos com uma equipe exclusiva para levantar as informações, e assim chegarmos rapidamente aos autores”, afirmou. 

A parceria entre as polícias Civil e Militar, a Justiça e o Ministério Público tem contribuído para a desarticulação de organizações criminosas que agiam em Itabuna, opinou o diretor do Depin. “As operações ‘Libertad’ e ‘Batendo de Frente’ são exemplos de iniciativas que ajudaram a inibir a criminalidade e a violência na cidade”, ressaltou o delegado Moisés Damasceno, que, ao lado dos colegas Evy Paternostro e Marlos Macedo, parabenizou as ações realizadas pela Polícia Militar na região. “A PM faz com maestria o trabalho de manutenção da paz e desta forma chegaremos a números ainda mais positivos”, avalia.

 

Ascom | PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *