Bancários decidem parar a Caixa nesta sexta em Eunápolis e Porto Seguro

Em assembleias realizadas na noite desta quinta-feira (29), os bancários do Extremo Sul da Bahia decidiram por maioria em retardar a abertura do atendimento ao público na maioria das agências da base.

Os bancários da Caixa Econômica Federal, em Eunápolis e Porto Seguro, votaram pela paralisação de 24 horas, como estava previsto.

Caixa-Porto Seguro

“O Sindicato vai dar todo o apoio à decisão dos colegas da Caixa, pois a decisão demonstra o grau de insatisfação com a extrapolação da jornada de trabalho, com as metas abusivas e a falta de empregados”, enfatiza Carlos Eduardo Coimbra, coordenador geral do Sindibancários.  

Nas principais cidades também estarão acontecendo manifestações, entrevistas à imprensa e outras atividades para destacar a participação dos bancários na mobilização em 30 de agosto, agendada pela CUT e demais centrais sindicais, como o Dia Nacional de Luta.

As reuniões aconteceram nas quatro principais cidades da base do Sindicato – Itamaraju, Teixeira de Freitas, Eunápolis e Porto Seguro – com a participação dos bancários.

Por deliberação das Centrais Sindicais, foi convocado o Dia Nacional de Luta, que tem como pauta da classe trabalhadora as seguintes reivindicações:

·        Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais, sem redução de salários; Fim do fator previdenciário;

·         10% do PIB para a Educação;

·         10% do Orçamento da União para a Saúde;

·         Transporte público e de qualidade/mobilidade urbana;

·         Valorização das Aposentadorias;

·         Reforma Agrária;

·         Suspensão  dos Leilões de Petróleo;

·         Contra o PL 4330, sobre Terceirização.

 Fonte: Sindibancários Extremo Sul-CUT

Deixe seu comentário