Bizarro: ‘Fanática por sexo’ leva marido a motel por 42 dias seguidos

“Sou fanática por sexo”, assim a pedagoga Rafaella Caldanha, de 24 anos, explica o motivo pelo qual resolveu levar o marido Lindolfo Fernandes Romão, de 25 anos, a um motel em Ribeirão Preto (SP) por 42 dias consecutivos. A maratona era parte de um concurso promovido pelo estabelecimento durante o mês de agosto e o casal só não levou o prêmio de R$ 4 mil – eles ficaram em 3ª lugar – porque, além da frequência, era preciso conseguir o maior número de seguidores na rede social Facebook curtindo o perfil dos participantes.


Outros três casais também conseguiram comparecer todos os dias, mas os dois primeiros colocados preferiram não relatar a experiência. A dupla que ficou em quarto lugar não foi localizada.
Rafaella e Romão, porém, não demonstram constrangimento. Pelo contrário, segundo a pedagoga, a intenção dela ao inscrever o casal na disputa era justamente mostrar a todos que são “loucos um pelo outro e que sabem curtir cada momento da vida intensamente, com muito amor e paixão”, contou Rafaella.
“Sempre fomos ao motel pelo menos uma vez por mês, mas ir todos os dias foi ainda mais divertido”, comentou Rafaella. A esposa garante ainda que os 42 dias não foram só para assinar presença. “Eu sou fanática por sexo, ele é mais calmo, mas desde o início avisei que se fosse para participar teria que ser por completo e ele obedeceu direitinho.”


O casal procurava ir sempre após as 22h, quando o marido saía do trabalho, e permanecia por uma hora. Aos domingos, com mais tempo livre, era possível aproveitar melhor a estadia. Mas em meio à maratona, um parente deles se casou e por pouco o casal não saiu da disputa. “Tivemos que correr ao motel em menos de uma hora, também para almoçar, porque a Rafaella tinha que ir para o salão de beleza”, conta Romão. Mesmo assim, a esposa garante que deu tempo de fazer tudo.
O resultado, no entanto, não dependia só da presença nos 42 dias de disputa. O vencedor foi o casal que “fez mais barulho” nas redes sociais. Familiares e amigos de Rafaella e Romão chegaram a entrar na brincadeira para ajudar na divulgação, mas não foi o suficiente para conquistar o primeiro lugar. “Não importa, todos ajudaram, deram muito apoio e se divertiram com a gente”, comemorou Romão.

Fonte / Fotos G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *