Ordem, conduta e progresso

Ordem, conduta e progresso

É, no mínimo, de se consternar diante das corriqueiras e exaustivas notícias sobre corruptos e corruptores no Brasil. Invariavelmente é a pauta principal dos editoriais, das capas de revistas, das aberturas dos jornais televisivos e das rodas de conversa país afora.

Estamos diante de um “lugar-comum” repleto de inversão de valores e contrassensos que deveriam ser estrita exceção.

À medida que somos surpreendidos diariamente com maneiras diferentes de usurpar do dinheiro público, áreas essenciais para o país sofrem de negligência e sangria, deixando-o em patamares deploráveis. Será que todo o montante dos desvios não seria suficiente para termos uma saúde pública funcionante e/ou uma educação de qualidade no Brasil?

Parece um clichê de um passado muito distante, mas ainda hoje os municípios brasileiros dispõem de uma estrutura de saúde precária e medíocre, que falta medicamento, materiais para procedimentos, equipamentos para diagnóstico, com obras paralisadas, redução de leitos hospitalares… O clamor da população que usa desses serviços deveriam ser ensurdecedores para os gestores públicos, que insistem em protelar a urgência de ações. Ao passo que milhares de milhões de reais se esvaem pelos incessantes ralos da corrupção, a saúde vive sua calamidade e caos. Até quando?

O país anseia verdadeiramente por mudanças de comportamento nas três esferas – nacional, estadual e municipal – dando destaque ao que é fundamental para um país com propósitos de desenvolvimento: pragmatismo nas ações, honestidade, zelo pelo público e tolerância zero para corrupção. Chega de politicagens em rede nacional! Necessitamos dar ênfase ao que de fato merece.

Por exemplo, investir em projetos inovadores na saúde, que gerem qualidade de vida à população; métodos educacionais de qualidade, refutando tudo que for retrógrado ao aprendizado, trazendo ganhos e incremento de mentes pensantes neste país; ampliar o número de bibliotecas públicas, museus, como forma de acesso à cultura e conhecimento… Não podemos mais suportar o desvio de prioridades.

Em suma, dar o passo inicial é fundamental para não continuarmos planando neste marasmo de descasos. Vamos enaltecer o país pelas boas atitudes, fazendo do que hoje é exceção se torne de fato uma regra. Ilicitudes têm de ser extirpado do famigerado “jeitinho brasileiro”. Desse modo, aos desprovidos de competência e de valores de conduta, resta-lhes o adeus. É hora de uma nova Ordem para se obter o Progresso do Brasil.

Por | Tiago A. Fonseca Nunes

Espera castiga a esperança

Espera castiga a esperança

O colaborador Tiago Nunes é interno em medicina e aprecio a arte de escrever. Abordando sempre os temas relacionados à saúde, bem como temas variados de cultura à política.

Cento e vinte dias. Pode até parecer pouco para quem aguarda o dia do casamento, a viagem programada ou até mesmo o dia da sua formatura. Contudo, para quem espera pelo tratamento do câncer é uma eternidade. No Brasil, em média, pacientes diagnosticadas com câncer de mama, através do sistema público, sofrem todo esse tempo para conseguir iniciar a quimioterapia, por exemplo.

Tristemente, cerca da metade das pacientes recebem a confirmação de câncer de mama em estágios já avançados. Associa-se a esse número, que 40% têm atendimento em até um ano para obter o diagnóstico, de acordo com dados do TCU (Tribunal de Contas da União). Havendo a necessidade de cirurgia, a angústia da espera chega a oito meses para realizar o procedimento, desde que não ocorra cancelamento nesse intervalo e a data seja protelada.

A lei 12.732/2012 preconiza que o paciente com neoplasia maligna – câncer – tem direito de se submeter ao tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS), no prazo de até 60 dias, contado do dia que recebeu o diagnóstico. Porém, estatística do Sistema de informações do Câncer (SISCAN) evidencia que apenas 26,6% do total registrado em 2015 iniciaram tratamento dentro do prazo determinado. Entretanto, em contrapartida ao imbróglio da morosidade encontram-se os pacientes, que não têm um minuto sequer a perder.

Um dos mais importantes centros de estudo e tratamento da doença no país, o Instituto Nacional do Câncer (INCA), vive atualmente uma triste realidade, pela qual problemas estruturais atingem diretamente os pacientes que usam os seus serviços. Filas quilométricas para atendimento, macas improvisadas, deficiência nos suprimentos hospitalares e até mesmo falta de manutenção. Atente-se ao fato de que estamos falando da maior referência nacional em oncologia e, desse modo, temos a oportunidade de fazer uma reflexão de como andam os demais serviços Brasil afora. Infelizmente, ao passo que o número de leitos destinados a esses pacientes seguem limitados, com crescimento pífio, o número de diagnosticados cresce exponencialmente.

A rapidez na detecção e no tratamento do câncer é decisiva para a cura do paciente. À medida que o tempo avança, reduzem-se as chances e, por isso, não estamos diante de uma discussão banal. Ajustar a realidade ao que é tido como ideal, há de ser sentido em curto prazo. Uma regulação mais eficiente, pela qual disponha de dados precisos quanto ao estágio da doença; ampliação dos serviços oncológicos, gerando descentralização, são alguns dos exemplos. Assim sendo, a otimização melhora o planejamento, promove um gerenciamento eficaz dos gastos públicos e, principalmente, gera menor tempo para início do tratamento.

O câncer não espera! Tampouco aceita medidas casuísticas para resolver o problema. A responsabilidade sobrecai a toda a sociedade, pois devemos ter clareza de posição e reconhecimento da gravidade. Portanto, usemos até mesmo do ativismo da mídia para expor rotineiramente essas necessidades, de modo que o ser humano seja respeitado e a luta pela vida contra o câncer possa ser de fato a realidade. Enfim, o tempo tem duas caras, se bem aproveitado é um grande aliado, mas do contrário é um grande inimigo.

Por | Tiago A. Fonseca Nunes

PORTO SEGURO | Praia Resort recebe grupo da Melhor Idade

PORTO SEGURO | Praia Resort recebe grupo da Melhor Idade

O Porto Seguro Praia Resort, na Costa do Descobrimento (BA), foi o local escolhido para receber mais uma viagem do grupo da Melhor Idade, que há 15 anos a professora aposentada, Luzia Marcos de Oliveira organiza e acompanha. Desta vez, 22 idosos de várias partes do Brasil passaram uma semana cheia de alegria e diversão, de 26/04 a 02/05, resultado da parceria da empreendedora com a operadora de viagens Fly Tour.

Segundo ela, a escolha foi acertada. “Entrei na internet e vi Porto Seguro, quando entrei no site do resort eu me encantei. E valeu a pena, porque o pessoal está maravilhado com o carinho e a receptividade da equipe, que é fora de série, tanto no resort, quando no clube de praia”, observa D. Luzia. Em Porto Seguro, a programação incluiu ainda luau no Clube de Praia João da Sunga, City Tour Histórico, Rota das Aldeias Indígenas e passeio ao Arraial d´Ajuda.

Ela elogiou ainda a qualidade da alimentação e a acessibilidade no resort, que possui rampas, passagens amplas e apartamentos adaptados para cadeirantes. “A comida é maravilhosa, tem muitas opções disponíveis e basta atravessar a rua que já estamos na praia. Os funcionários parecem falar a mesma língua e estão sempre prontos para ajudar. Graças a Deus estão todos muito satisfeitos e nas avaliações que fizemos eles já demonstraram o desejo de voltar com as famílias”. 

Por | Ascom

Bolinho de arroz

Bolinho de arroz

INGREDIENTES

Itamaraju - capaarroz

2 xícaras (chá) de arroz cozido
1/2 xícara (chá) de queijo ralado
1/2 xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 xícara (chá) de amido de milho
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
3 ovos
óleo para fritar

Publicidade
MODO DE PREPARO
Em um recipiente, misture todos os ingredientes até criar uma massa firme e encorpada
Molde os bolinhos e frite-os no óleo quente, até que fiquem dourados
Escorra sobre papel absorvente.

Por | Tudogostoso

Danoninho caseiro

Danoninho caseiro

87793_original
INGREDIENTES

1 lata de leite condensado
2 caixas de creme de leite
200 g de iogurte natural
1 pacote de suco em pó, sabor morango
MODO DE PREPARO
Em um liquidificador, bata todos os ingrediente até obter uma consistência cremosa
Dispense a mistura em um recipiente e leve à geladeira até que esteja firme.
Por | Tudogostoso

Creme Suiço para recheios

Creme Suiço para recheios

Itamaraju - capa -receita

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
3 latas de leite ( usar a lata de leite condensando como medida )
3 colheres sopa de maizena
2 gemas sem pele
1 colher de chá de baunilha

Modo de preparo:
1- Coloque todos os ingredientes em uma panela
2- Leve ao fogo mexendo sempre até formar um creme
3- Retire do fogo e passe para uma vasilha
4- Cubra o mesmo para não criar uma casca, ou jogue açúcar por cima
Após esfriar
5- Coloque na Batedeira e adicione uma lata de creme de leite s/ soro
6- Bata até ficar bem cremoso
Dica:
Esse recheio serve para bolos, tortas o que preferir, pode por frutas de sua preferência ou morangos fica maravilhoso.

Por | facebook.minhasreceitas

Caldo de mandioca com linguiça

Caldo de mandioca com linguiça

INGREDIENTES

Itamaraju - capa -receita

2 kg de mandioca
500 g de linguiça calabresa defumada
200 g de bacon
2 cubos de caldo de picanha
1 cebola pequena
2 sachês de sazón
1 colher chá de corante
3 pimentas malaguetas
Tempero a gosto
Cominho e pimenta-do-reino a gosto
Cheiro verde a gosto
2 colheres de sopa de óleo
MODO DE PREPARO
Pique em cubos a mandioca e cozinhe na panela de pressão
Depois bata no liquidificador com água e reserve
Pique a linguiça calabresa defumada e o bacon em tiras bem finas e reserve
Esmague as pimentas malaguetas no tempero e reserve
Pique a cebola bem pequena e reserve
Em uma panela grande aqueça as 2 colheres de óleo, em seguida coloque a cebola picada e dê uma fritada nela, acrescente o corante e uma parte do tempero, o bacon e misture tudo
Quando o bacon já estiver pré-frito, acrescente também a linguiça e continue mexendo para não grudar
Quando a linguiça já estiver frita jogue a mandioca batida dentro da panela e misture bem
Dissolva os cubos de caldo de picanha em um copo de agua e coloque na panela, misturando sempre
Acrescente também os 2 sachês de sazón e continue mexendo
Aos poucos acrescente mais tempero, o cominho e a pimenta-do-reino, sempre mexendo
Quando o caldo engrossar um pouco e começar a ferver acrescente o cheiro verde picado, mexa mais um pouco e está pronto o delicioso caldo de mandioca com linguiça
Sirva com pão de sal

Por | Tudogostoso

Bolo de cenoura

Bolo de cenoura

INGREDIENTES

38681_original

Massa:
1/2 xícara (chá) de óleo
3 cenouras médias raladas
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó Dr. Oetker
Cobertura:
1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó Dr. Oetker
1 xícara (chá) de açúcar

MODO DE PREPARO
Massa:
No liquidificador, bata primeiro a cenoura com os ovos e o óleo
Acrescente o açúcar e bata por mais 5 minutos
Em uma tigela ou na batedeira, adicione o restante dos ingredientes misturando tudo, menos o fermento
Acrescente o fermento e misture lentamente com uma colher
Asse em forno preaquecido (180° C) por 40 minutos
Cobertura:
Misture todos os ingredientes, leve ao fogo e misture até obter uma consistência cremosa
Despeje a calda por cima do bolo
Informações Adicionais
Se o seu liquidificador for potente, o bolo todo pode ser feito nele. Você poderá seguir ao vídeo ou a receita escrita, o resultado sairá perfeito dos 2 modos. Utilize cerca de 250 g de cenoura para o bolo não solar. Se desejar uma cobertura mais leve, adicione 5 colheres de leite.

Por | Tudogostoso

Suspiro

Suspiro

INGREDIENTES

Itamaraju - capareceita4

1 medida de clara
3 medidas de açúcar
1 colher (sopa) de suco de limão

MODO DE PREPARO
Para cada medida de clara vai 3 medidas de açúcar
Ex: Se for uma xícara de clara vai 3 de açúcar, se for copo é a mesma coisa
Misture bem as claras e o açúcar e leve ao banho-maria por 1 minuto
Não pode ferver
Leve a mistura à batedeira, acrescente o limão (pode ser também 1 colher de pó de gelatina, baunilha, qualquer corante, pó sabor sorvete)
Bata por 15 minutos
Vá pingando o suspiro com a ajuda de uma colher numa forma untada e leve ao forno bem baixo por 30 minutos, aproximadamente, ou até que os suspiros estejam firmes
Não precisa dourar
Pode guardar em vidros, potes ou latas, por 1 mês
É simplesmente delicioso

Por | Tudogostoso

Carne de panela

Carne de panela

INGREDIENTES

Itamaraju - capareceita3

500 g de coxão mole cortado em bifes
1 cebola ralada
1 dente de alho amassado
1/2 xícara chá de óleo
Sal e pimenta do reino a gosto
1/2 colher sopa de ajinomoto
1 colher sopa de salsinha picada
500 ml de água quente
1/2 lata de massa de tomate
1 pimentão verde picado
1 tomate sem sementes picado
1 cenoura pequena picada
Orégano a gosto

MODO DE PREPARO
Em uma panela de pressão, coloque o óleo junte a cebola, alho e refogue bem
Acrescente a carne frite por 5 minutos mexendo bem, depois coloque o aji-no-moto, tomate, pimentão, massa de tomate, cenoura e a seguir acrescente a água orégano
Deixe cozinhar por 30 minutos contando o inicio da fervura, assim que a carne estiver cozida retire do fogo, misture a salsinha e sirva em seguida com arroz branco

Por | Tudogostoso

FECHAR