Tragédia em Vegas: Sobe para 50 número de mortos em festival no EUA; atirador é identificado

Tragédia em Vegas: Sobe para 50 número de mortos em festival no EUA; atirador é identificado

Subiu para 50 o número de mortos durante um atentado no festival de música country Route 61 Harvest, realizado no Mandalay Bay Resort e Cassino, em Las Vegas no EUA, ocorrido na noite deste domingo. O número de feridos também foi elevado de 100 para 200.

O suspeito, que está entre os mortos, foi identificado: Stephen Paddock, 64 anos. Ele estava no 32º andar do hotel, de onde atirou contra o público, sendo abatido pela polícia em seguida. O chefe de polícia de Las Vegas, Joseph Lombardo, divulgou que uma mulher que estava acompanhando o suspeito e estava sendo procurada foi localizada. “Estamos confiantes, mas não 100% certos de que localizamos a mulher”. Até o momento, não há evidências que liguem Paddock a um grupo terrorista.

O ataque começou no início do show do cantor Jason Aldean. O tiroteio já superou o ataque à boate Pulse, em Orlando, na Flórida, e se tornou o maior atentado a tiros ocorrido nos Estados Unidos. O presidente do país, Donald Trump, se pronunciou sobre o caso pelo Twitter e prestou “calorosas condolências e pesâmes às vítimas e famílias deste terrível ataque a tiros”. “Deus os abençoe”, afirmou.

Fonte | Bahianoticias

ITABUNA | Policiais Civis protestam durante visita do Governador Rui Costa

ITABUNA | Policiais Civis protestam durante visita do Governador Rui Costa

Policiais Civis de Itabuna realizaram um protesto, no último sábado (30), durante a visita do Governador Rui Costa à exposição agropecuária do município.

A categoria aproveitou para reivindicar o pagamento da GAP 4, a regulamentação das Promoções, a reestruturação das carreiras, o aumento do auxílio-alimentação e auxílio transporte, os valores pagos pelas diárias e horas extras na festa carnavalesca, o reajuste linear e outras demandas da Polícia Civil baiana.

Após o protesto, Rui Costa afirmou aos policiais que irá regulamentar, nesta semana, o decreto das Promoções.” O governador não quer deixar que a categoria e as entidades que representam os policiais civis avaliem e discutam em Assembleia a proposta do decreto. Se o material se tiver algum problema, vamos ter que entrar na justiça. Ele quer assumir a paternidade sozinho! Esse decreto já era para ter saído desde 2009! O SINDPOC tem lutado para que todos já estivessem com as promoções regulamentadas. infelizmente, ainda estamos padecendo dessa situação e pressionando o Governo a atender às demandas da categoria!”, afirma o Presidente do SINDPOC, Marcos Maurício, ao convocar os policiais para a próxima Assembleia, que será realizada em 11 de outubro.

O Vice-Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, destacou que o sindicato lutou para construir a Lei Orgânica 11.370 da Polícia Civil, que define os critérios para as Promoções. ” Estamos agora aguardando a regulamentação da Lei. A categoria estava aflita porque não tinha progressão nas carreiras,agora teremos avaliações anuais desde que os servidores preencham os pré-requisitos do interstício.

A categoria está feliz porque vamos destravar as promoções. É uma grande conquista nossa.A manifestação de ontem mostra que a mobilização causa impacto.Traz o gestor para negociação. Eles não querem mídia negativa em período de pré-campanha!”, comemora Eustácio Lopes.

Por | ASCOM SINDPOC Jaqueline barreto

Horário de verão será mantido em 2017; Bahia segue fora

Horário de verão será mantido em 2017; Bahia segue fora

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, confirmou nesta segunda-feira (25) que o horário de verão será mantido em 2017. Com a decisão, os moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão adiantar os relógios em 1 hora a partir do dia 15 de outubro.

O fim do horário de verão chegou a ser cogitado pelo governo depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia apontou queda na efetividade do programa, já que o perfil de consumo de eletricidade não estava mais diretamente ligado ao horário e sim à temperatura, com picos de consumo nas horas mais quentes do dia.

Horário de verão em 2017

Início – 0h de 15 de outubro (relógio são adiantados em 1 hora)
Fim – 0h de 19 de fevereiro (relógios são atrasados em 1 hora)

Outubro Rosa | Sesab realizará 20 mil mamografias e cirurgias de reparação de mama

Outubro Rosa |  Sesab realizará 20 mil mamografias e cirurgias de reparação de mama

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) vai realizar 20 mil mamografias no mês de outubro, durante a campanha Outubro Rosa, O objetivo é chegar a marca de 500 mil mamografias realizadas desde janeiro de 2015. As unidades de saúde, durante este período, receberá uma iluminação rosa para chamar a atenção das mulheres para o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de mama.

Pacientes mastectomizadas por câncer de mama e que já tiveram findado o ciclo de quimioterapia serão encaminhadas ao Hospital da Mulher para a realização de consultas e, caso haja recomendação médica, realização de cirurgia reparadora. Também está prevista a realização de consultas, palestras, bem como um curso de radiologia, aula de ginástica e um motopasseio rosa. “Quando precocemente descoberto pode-se evitar o procedimento cirúrgico de retirar a mama por completo, o que, para algumas mulheres, é como uma mutilação, ou ainda evitar procedimentos complementares como quimioterapia ou radioterapia, aumentando a sobrevida dessas pacientes e reduzindo a morbidade”, afirma o secretário, Fábio Vilas-Boas.

Para fazer os exames de rastreamento do câncer de mama não é necessária a solicitação médica. A campanha atende gratuitamente mulheres de 50 a 69 anos, que precisam comparecer aos locais de exame com identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Caso alguma alteração seja verificada na mamografia, elas serão encaminhadas para exames complementares em unidades de referência e, quando necessário, iniciam o tratamento o quanto antes. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que na Bahia 12.900 novos casos de câncer vão acometer as mulheres em 2017, sendo 2.760 de mama e, destes, 1.000 ocorrerão em Salvador. Quando detectado em fase inicial, a doença pode alcançar até 95% de cura.

Fonte | bahianoticias

Senado aprova porte de arma de fogo para agentes de trânsito em serviço

Senado aprova porte de arma de fogo para agentes de trânsito em serviço

O Senado aprovou na última quarta-feira (27) um projeto que autoriza o porte de arma de fogo para agentes de trânsito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios quando eles estiverem em serviço.
A proposta já havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados e, por isso, segue agora para a sanção do presidente da República, Michel Temer.
Pelo projeto, a autorização para o porte de arma está condicionada à comprovação de capacidade técnica e de aptidão psicológica para o manuseio da arma.
O texto estabelece também que a autorização para o porte de arma de fogo dos agentes de trânsito está condicionada não só ao interesse de ente federativo que os subordina como à sua formação funcional em estabelecimentos de ensino de atividade policial e à existência de mecanismos de fiscalização e de controle interno.
A proposta é de autoria do ex-deputado Tadeu Filippelli (PMDB-DF) e foi relatada pelo senador José Medeiros (Pode-MT).
“Existe uma premente necessidade de os agentes de trânsito serem autorizados a portar arma de fogo, quando em serviço. É inegável que a fiscalização do trânsito envolve riscos consideráveis, pois os agentes são encarregados de fiscalizar vias públicas e não raro se deparam com condutores embriagados, exaltados e violentos”, justificou o relator.
“Além disso, ao realizar abordagens regulares, os agentes podem ser surpreendidos pelo cometimento de crimes em flagrante delito, como o porte de entorpecentes e de armas de fogo”, completou Medeiros.
O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) votou contra o projeto e criticou a medida. Na visão de Buarque, uma pessoa armada está mais sujeita à violência do que uma desarmada.
“Eu não acredito que a solução para a violência seja armar mais as pessoas. E, se vamos falar dos riscos, por que não armarmos os motoristas de táxi, que, neste País, sofrem todos os dias o risco? E o número de mortos motoristas de táxi, vítimas de tiros, é muito grande. Por que não armarmos os motoristas de caminhão, que são assaltados e assassinados nas estradas? E aí a gente chega e pergunta: por que não armarmos todos para poder enfrentar a violência? Por que não se dá o direito de que todo mundo tenha arma? Eu acho isso uma insanidade, e isso é aumentar a violência.”, declarou.

Fonte | G1

Imagem | ilustrativa

via. google

Usuário ganha R$ 4 mil na Justiça por operadora o cadastrar como ‘Pidão de Crédito’

Usuário ganha R$ 4 mil na Justiça por operadora o cadastrar como ‘Pidão de Crédito’

Um auxiliar administrativo de Feira de Santana foi indenizado em R$ 4 mil por conta de uma operadora de telefonia o ter cadastrado como “Pidão de Crédito” no sistema da empresa. Segundo a TV Subaé, a companhia mudou o nome de cadastro do usuário por ele ter feito seguidas reclamações de cobranças indevidas.

Segundo Nilton Duarte, ele ficou “espantado” com a forma que a empresa tratou o caso. Depois que ele fez uma denúncia à Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações], a operadora foi obrigada a devolver os créditos. A surpresa de Nilton ocorreu quando foi acessar o site da companhia. No cadastro dele, havia uma alteração. Em vez do nome dele, estava cadastrada a expressão “Pidão de Crédito”. Para denunciar o caso à Justiça, ele fez um print da tela do site da operadora e postou um desabafo nas redes sociais. Vários advogados se prontificaram a defender o usuário.

A ação judicial contra a operadora surgiu após a publicação nas redes sociais. A quantia de R$ 4 mil foi estabelecida em acordo, quando Nilton ganhou a causa na Justiça, entre o fim de junho e começo de julho, a empresa o procurou para negociar a quantia. Em Feira de Santana, as operadoras de telefonia são campeãs de reclamações na cidade, com mais de 1,5 mil queixas só em 2017. Segundo o órgão, casos como o de Nilton não são comuns.

Fonte | bahianoticias

Como se proteger dos perigos Internet das Coisas

A Internet das Coisas, ou IoT (internet of things) na sigla em inglês, avançou muito e está presente em cerca de 13 bilhões de dispositivos conectados, exercendo principalmente a função de “casa inteligente”

É provável que no futuro a internet das coisas seja uma realidade em praticamente todos os setores da economia, comerciais e industriais, notadamente nas áreas de saúde, agricultura, segurança pública, manufatura e transporte.

Enquanto isso não acontece, sua maior aplicação é em ambientes residenciais, onde está sujeita a uma série de vulnerabilidades, muitas vezes desconhecidos pelos moradores. Previna-se conhecendo os principais perigos de ter uma casa integrada, de acordo com Jose Antonio de Souza Junior, Gerente de Operações da UL do Brasil, empresa especializada em certificações e segurança.

1. Todo e qualquer dispositivo provido de tecnologia wireless (sem fio), também chamado de inteligente, está apto a se conectar à rede e, portanto, sujeito aos riscos de um ataque cibernético. Os eletrodomésticos inteligentes mais vulneráveis são: televisores, refrigeradores, sistemas de controle iluminação, aquecedores e condicionadores de ar e sistemas de entretenimento entre outros.

2. Uma das sacadas mais inteligentes do IoT é o controle da casa a partir do carro, o que evita alguns desastres como o bolo queimar ou a sala ficar encharcada em função de uma tempestade. Porém, esta conectividade é uma porta aberta a uma série de vulnerabilidades que permitem o acesso à residência e o “roubo” de informações pessoais e confidenciais. Não é preciso que o mal intencionado conheça códigos ultraconfidenciais para explorar sua casa, um hacker com pouca experiência pode ter acesso a todos os seus dados, por isso, cuidado.

3. Além de interferência em informações sigilosas, um ataque cibernético pode deixar a casa vulnerável a uma pane geral.

4. Atenção aos sequestros. Eles estão se tornando cada vez mais comuns por meio da tecnologia usada para o mal. O sequestro virtual, também conhecido como ransomware, é caracterizado pelo bloqueio do computador da vítima, com a solicitação de resgate em dinheiro em troca da senha que irá destravar a máquina. Além de computadores, o golpe também afeta dispositivos móveis.

5. Ninguém mais usa lan houses, mas a internet pública, o famoso wifi livre, é outro item que inspira cuidados, pois pode ser um ponto sensível ao acesso mal-intencionado. Caso não se queira evitar o uso de maneira generalizada, é importante seguir alguns protocolos, listados ao final do texto.

6. É um erro acreditar que comandos de voz são à prova de ataques virtuais, pelo contrário, talvez sejam os meios mais suscetíveis ao risco de acesso indevido à rede, já que podem ser reproduzidos, por exemplo, por computador. Os sistemas por biometria e senhas são mais seguros, porém também requerem cuidados.

7. Importante saber: muitos dos dispositivos de IoT possuem um servidor web interno que hospeda um aplicativo para gerenciar o dispositivo. Como qualquer servidor ou aplicativo web, pode haver falhas no código que permitem que o dispositivo seja atacado. Como esses dispositivos estão conectados, os pontos fracos podem ser explorados remotamente.

8. Outro ponto de atenção é a necessidade de manutenção constante. Os dispositivos IoT podem ter serviços para diagnósticos e testes, que devem ser usados. Se estiverem em portos abertos, inseguros ou vulneráveis, eles se tornam potenciais buracos de segurança, mais propensos a ter um código explorável.

9. Algo que vale a pena validar com um especialista é se a criptografia de transporte está sendo feita porque se o dispositivo estiver enviando informações privadas sobre um protocolo inseguro, qualquer um pode ler. Nem sempre é óbvio quais informações um dispositivo IoT pode estar compartilhando, por isso é bom procurar ajuda.

10. E não custa dizer o óbvio: não revele sua senha em nenhuma hipótese porque sua privacidade pode estar em risco. O uso de senha de acesso é sempre essencial.

Principais cuidados para utilizar a internet das coisas:

– Manter os sistemas operacionais e drivers atualizados.

– Proteger contra atividades mal intencionadas atualizando antivírus e antimalwares.

– Manter dados em nuvem.

– Atualizar o Firewall.

– Auditar e analisar os incidentes de segurança quando reportados.

– Proteger fisicamente a estrutura contra acessos mal-intencionados, por exemplo, pela porta USB.

– Utilizar sempre senhas complexas, sem nenhuma correlação com dados pessoais como datas e números de documentos, e as troque regularmente.

– Pesquise antes de comprar equipamentos de conexão para sua casa ou mesmo eletrodomésticos ‘inteligentes’ (conectados à rede) e dê preferencia a marcas que são reconhecidas por seu cuidado com a segurança da informação (por exemplo, lançam frequentes atualizações de segurança).

Jogos adicionados ao Xbox Game Pass em outubro

Jogos adicionados ao Xbox Game Pass em outubro

Xbox Game Pass, é um serviço de assinatura de jogos que concede acesso ilimitado a mais de 100 jogos de Xbox One e Xbox 360 retrocompatíveis, que ainda conta com uma versão de teste gratuita de 14 dias. A cada mês serão adicionados um novo conjunto de jogos ao catálogo, de modo que sempre haverá algo novo para jogar, oferecendo diversidade de experiências, gêneros, avaliações e muito mais.

A Microsoft anunciou a adição de sete jogos ao catálogo do serviço no mês de outubro. Os jogos são: Super Street Fighter IVState of DecaySaint’s Row: Gat Out of HellThe Bug Butcher, Costume Quest 2, Maldita Castilla EX – Cursed Castle e Tower of Guns.

No Xbox Game Pass você pode baixar os jogos e jogá-los enquanto for assinante do serviço e enquanto eles estiverem disponíveis no catálogo. Quando eles não estiverem mais disponíveis, os assinantes do serviço podem comprá-los com um desconto exclusivo e torná-los parte de sua biblioteca permanente. Vale ressaltar que a oferta atual de jogos irá se manter até novembro de 2017 e nenhum desses jogos serão retirados até lá.

O valor da assinatura mensal do Xbox Game Pass é de R$ 29,90. Ainda não existe uma previsão sobre assinatura anual.

Fonte | Xbox

Sinal analógico de TV começa a ser desligado na Bahia

Sinal analógico de TV começa a ser desligado na Bahia

O sinal analógico de televisão foi desligado em Salvador e em mais 19 cidades do entorno da capital na primeira hora desta quinta-feira (28).

Cerca de 110 mil pessoas que têm direito ao conversor gratuito ainda não retiraram o equipamento. Em Salvador, o kit é distribuído nas agências dos Correios do Comércio, Paripe, Pituba e Mata Escura.

Para pegar o kit de graça, basta estar inscrito em um programa social, que pode ser o Minha Casa, Minha Vida, ou o Bolsa Família. Para quem está na dúvida se tem direito ou não ao conversor gratuito, basta ligar para o número 147.

É hoje: sinal analógico funciona pela última vez em Salvador e outras 19 cidades

Lista das cidades baianas que terão sinal desligado:
Aratuipe
Cairu
Camaçari
Candeias
Dias D´Avila
Itaparica
Jaguaripe
Lauro de Freitas
Madre de Deus
Maragogipe
Nazaré
Salinas da Margarida
Salvador
Santo Amaro
São Francisco do Conde
São Sebastião de Passe
Saubara
Simões Filho
Terra Nova
Vera Cruz

Por | G1

Ações de combate a roubo em propriedades rurais baianas são articuladas com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia

Ações de combate a roubo em propriedades rurais baianas são articuladas com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia

Após aprovação na Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, foi realizada nesta terça-feira (26), uma reunião para discutir a ação de criminosos em propriedades rurais do estado. No encontro, estavam presentes o presidente da Comissão, o deputado estadual Eduardo Salles, o vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão, o secretário estadual de Segurança Público, Maurício Barbosa, o delegado-geral da Polícia Civil, Bernadino Brito Filho, o subcomandante da Polícia Militar da Bahia, Coronel Reis, parlamentares que integram o colegiado da comissão e produtores baianos.

Eduardo Salles pontuou que produtores do estado relatam haver registros de aumento no roubo de gados, insumos agrícolas e às fazendas. O parlamentar explicou que o apelo dos produtores motivou o debate do assunto entre os deputados membros da Comissão de Agricultura e a proposta de levar o para ser discutido com secretário de Segurança Pública.

“Fomos provocados por produtores baianos que estão preocupados com o crescimento desse índice que também tem registros de roubo de utensílios, dinheiro e da produção estocada. Por isso, o nosso objetivo é encontrar soluções efetivas que possam combater essa situação no estado”, esclarece.

Segundo o produtor Carlos Kruschewsky, no recôncavo baiano, mais de 300 animais foram roubados nos últimos seis meses. “Estamos de mãos atadas, perdendo nosso rebanho e sem ter o que fazer. Não satisfeitos, os mesmos bandidos que roubam os animais têm levado terror aos produtores com assaltos às propriedades”, revelou.

O secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, se comprometeu a buscar ações continuadas para que consiga, por meio de uma força-tarefa, efetivar o combate a roubos nas propriedades rurais do estado. “Posso garantir que irei criar um grupo específico para o controle da atuação desses grupos nas fazendas pelo estado e vou articular, junto com as unidades policiais do interior, ações efetivas e continuadas. Também me comprometo a conversar com os colegas (secretários de Segurança Pública) dos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que já obtiveram sucesso nesta questão, para entender as iniciativas aplicadas lá”, garantiu.

Maurício Barbosa ainda explicou que com a atual situação do estado, que conta com um efetivo policial reduzido e com uma grande extensão territorial, será preciso somar esforços com a ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia), as Polícias Federal e Estadual e as prefeituras para que as operações possam ser realizadas de forma integrada. Ele ainda afirmou que, por conta da situação, o recôncavo baiano será prioridade, mas o objetivo é atuar em todas as regiões do estado que tenham registro de roubos.
Ficou definido que o deputado Eduardo Salles fará, juntamente com os pecuaristas, um levantamento de casos nas regiões que possuem registros de roubos para que, em até dez dias, o cenário seja estudado pelas Polícias Civil e Militar e uma nova reunião seja agendada para apresentação das propostas.

Eduardo Salles aproveitou para destacar o trabalho que vem sendo feito pela Polícia Militar da Bahia, de forma conjunta pelo Comando de Policiamento da Região Oeste, o Comando de Policiamento Especializado, a Cipe Cerrado e 3ª Companhia de Polícia Rodoviária, com a Operação Safra. “O policiamento é reforçado, as estradas e propriedades rurais passaram a ser monitoradas, mas ainda não é o suficiente para barrar esses criminosos. Por isso, precisamos de ações efetivas”, disse.

Estavam presente os deputados estaduais Antônio Henrique Júnior, Gika Lopes, Neusa Cadore e Carlos Ubaldino.

ASCOM – Deputado Estadual Eduardo Salles

Página 10 de 165« Primeira...89101112...203040...Última »
FECHAR