Sisu: Prazo para matrícula e interesse em lista de espera encerra nesta quarta

Sisu: Prazo para matrícula e interesse em lista de espera encerra nesta quarta

O prazo para que as instituições de ensino tem para realizar a matrícula dos candidatos convocadas na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) encerra nesta quarta-feira (7) – também o último dia os concorrentes manifestarem interesse na lista de espera. Para isso, o candidato deve consultar o boletim do candidato na página do Sisu (clique aqui). A convocação desses candidatos pelas instituições começará a partir de 9 de fevereiro. Ao todo, serão ofertadas 239.716 vagas em 130 instituições, sendo 30 instituições públicas estaduais e 100 federais.

Por | Bahianoticias

Excesso de velocidade cresceu 677% em rodovias federais da Bahia em 2017, diz PRF

Excesso de velocidade cresceu 677% em rodovias federais da Bahia em 2017, diz PRF

A infração mais corriqueira nas rodovias federais que cortam a Bahia foi a de excesso de velocidade. Segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (6) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-BA), 436.737 veículos foram flagrados em excesso de velocidade no ano passado, o que causou um aumento de 677,11% em relação a 2016. À época, 56.200 infrações foram anotadas pela mesma irregularidade.

Conforme a PRF-BA, o aumento dos flagrantes tem a ver também com a realização de operações diárias para controle de velocidade nas dez delegacias do órgão no estado.

Ainda segundo a PRF-BA, em 2017 foram aplicadas 641.380 multas pelas mais diversas infrações de trânsito. As mais comuns foram o excesso de velocidade, o não acionamento dos faróis durante o dia, as ultrapassagens proibidas, conduzir veículo sem o devido licenciamento e dirigir sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), a carteira de motorista.

Fonte | Radar64

Prefeitura de Eunápolis abre inscrições de processo seletivo para 323 vagas temporárias

Prefeitura de Eunápolis abre inscrições de processo seletivo para 323 vagas temporárias

A Prefeitura de Eunápolis, através da Secretaria de Administração, publicou nesta sexta-feira, 02/02, no Diário Oficial do município, o Edital 001/2018 que define o Processo Seletivo Simplificado para admissão de profissionais por contratação temporária (11 meses prorrogável por mais 11) que atenderá a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

Para maior conforto e comodidade dos candidatos, as inscrições acontecerão no Ginásio de Esportes ACM no bairro Centauro, e contarão com uma equipe de cerca de 100 profissionais e um cronograma de atendimento que visa otimizar o atendimento. As inscrições são gratuitas e acontecerão entre os dias 05 e 07/02. Os portões serão abertos às 07h30min, quando iniciará a distribuição de senhas, que se encerrará às 14h.

Ao todo são 323 vagas, distribuídas nos cargos de professores; auxiliar administrativo; auxiliar de biblioteca; auxiliar de serviços gerais; cozinheira; atendente; monitor; auxiliar de secretaria; auxiliar de desenvolvimento infantil; motorista; e psicopedagogo. Os salários variam de R$ 954,00 a R$ 3.216,38.

“A pedido do prefeito Baiôco, montamos um plano de atendimento que visa reduzir a espera dos candidatos nas filas e preza pelo bem estar dos mesmos, já que o local é grande, coberto, e possui arquibancada, banheiros e água à disposição dos candidatos. Para evitar maiores transtornos pedimos que o candidato se atente ao quadro de cargos e vagas e realize a escolha de acordo com a sua escolaridade, além de portar toda a documentação exigida no edital, que é obrigatória para a efetivação da inscrição”, explicou Luis Otávio, secretário de Administração.

A relação com a documentação obrigatória para inscrição, quadro de cargos, escolaridade exigida, vagas e salários, entre outras informações sobre o Processo Seletivo 001/2018 estão disponíveis Edital publicado no Diário Oficial do Município, no site da Prefeitura de Eunápolis (www.eunapolis.ba.gov.br) e fixado no mural da sede da Prefeitura Municipal, no bairro Centauro.

Fonte | Bahiadiaadia

Fujifilm adquire Xerox em negociação de US$ 6,1 bilhões

Fujifilm adquire Xerox em negociação de US$ 6,1 bilhões

Uma das empresas mais involuntariamente citadas por universitários brasileiros acaba de se tornar parte de uma transação bilionária nos Estados Unidos. O motivo para isso? Bem simples… A companhia norte-americana foi adquirida pela japonesa Fujifilm em uma negociação que envolve nada menos do que US$ 6,1 bilhões (é pouco pra você?).

Essa nova combinação de forças deve gerar receitas próximas aos US$ 18 bilhões anuais, sendo que ainda vai haver bastante separação entre os negócios atendidos por cada uma das (agora) divisões. Até mesmo as barreiras físicas mostram isso, pois Xerox permanece nos EUA e Fujifilm mantém seu comando em Tóquio.

Ao final do processo de aquisição, cada ação da Xerox será recomprada dos investidores pelo valor de US$ 9,80 por papel (49,9% das ações). A Fujifilm será proprietária de 50,1% dos valores restantes. A empresa vai manter as marcas Xerox e Fuji Xerox funcionando da mesma maneira que antes, mas são esperados cortes de mais de 10 mil trabalhadores na Ásia.

Por | Tecmundo

Ex-namorada de Renato Fechine denuncia humorista por agressão

Ex-namorada de Renato Fechine denuncia humorista por agressão

O comediante Renato Fechine foi denunciado por agressão à ex-namorada, Alexsandra do Nascimento.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, Alexsandra fez duas denúncias contra o artista no ano passado, mas não deu prosseguimento. Desta vez, ela realizou uma nova denúncia no domingo, 28. Nesta segunda, 29, voltou à delegacia para solicitar uma medida protetiva contra o humorista.

A vítima registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especial de Atenção à Mulher (Deam), no bairro de Brotas, onde informou sobre agressões com socos e chutes, desferidos pelo humorista.

Não há informações sobre o posicionamento de Renato Fechine sobre o caso.

Por | Atarde

Termina nesta quarta o prazo para micro e pequenas empresas regularizarem débitos

Termina nesta quarta o prazo para micro e pequenas empresas regularizarem débitos

As micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional têm até esta quarta-feira (31) para regularizarem suas pendências com a Receita Federal.

O contribuinte que não liquidar ou parcelar seus débitos será excluído do sistema e passará a ser tributado por outra modalidade e terá incidência dos tributos INSS, ICMS, ISS e IPI, dependendo da atividade. De acordo com a Receita, atualmente 14.610 micro e pequenas empresas baianas devem aproximadamente R$ 648 milhões.

As empresas que forem excluídas só poderão aderir ao Refis da micro e pequena empresa em 2019. O projeto do novo Refis estabelece condições especiais para o pagamento de dívidas tributárias, como entrada de 5% da dívida em cinco parcelas; desconto de 90% nos juros e 70% nas multas para pagamento à vista; parcelamento em até 145 vezes com desconto de 80% nos juros e de 50% nas multas, ou em até 175 vezes com desconto de 50% nos juros e de 25% nas multas; 90 dias depois de entrar em vigor para aderir ao projeto.

Fonte | Bahianotícias

70% dos brasileiros não sabem usar filtro solar; veja o jeito certo de proteger

70% dos brasileiros não sabem usar filtro solar; veja o jeito certo de proteger

Não adianta economizar na hora de aplicar o filtro

Com o aumento da temperatura, muitas pessoas correm pra praia em busca da “cara do Verão”. Para acelerar o processo, preferem não usar o filtro solar, ou aplicam em quantidade menor que a indicada. “Passo o ano inteiro estudando, tô branquela, quero pegar o bronze do ano todo agora”, diz a estudante Júlia Maciel, 17, que vai à praia sem usar filtro.

O atalho para acelerar o bronzeado traz sérios riscos. No Brasil, o câncer de pele não melanoma continua sendo o tumor mais incidente entre adultos. Na Bahia, dos 12.530 casos registrados em 2016, 23% eram câncer de pele. Pesquisa realizada em 2017 pelo Instituto de Cosmetologia e Ciências da Pele mostrou que 70% dos brasileiros não sabem usar o filtro solar corretamente.
“Mesmo as pessoas que frequentam o consultório dermatológico, que têm maior preocupação com a pele, não têm o hábito de usar”, conta a dermatologista Tatiana Gabbi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Outro dado preocupante é que 72,5% dos brasileiros afirmaram não aplicar o protetor diariamente em 2017 – número maior que em 2016 (65%) e em 2015 (53%). “A proteção solar é a única coisa que realmente faz com que a gente evite o surgimento do câncer e o envelhecimento da pele”, diz.

O horário de pico da radiação UVB, segundo a SBD, é das 10h às 16h. Porém, os efeitos nocivos da luz solar ocorrem o dia todo, mesmo com tempo nublado. Por isso, o uso do filtro deve ser regular. “Tem que criar o hábito de usar, igual a escovar os dentes. É acordar, tomar banho e ter na pia o protetor para usar nas áreas que vão ficar expostas”, sugere a dermatologista especialista em Oncologia Dermatológica Fabiana Palma, do Núcleo de Oncologia da Bahia (NOB).

E quanto passo?

Tatiana dá uma dica para usar a quantidade correta de filtro no dia a dia. “Quando a gente usa hidratante, a gente passa muito mais que o filtro solar, e deveríamos usar quantidades semelhantes. Você tem que colocar uma quantidade generosa, tem que sentir que cobriu tudo e que a camada está espessa”.

“Uso uma blusa de manga comprida com proteção UV e bandana com proteção UV para o rosto, luvas, chapéu” Ligia Leal, servidora pública, 33 anos

E quem acha o protetor caro, pode se proteger economizando. “Quem não tem condição de comprar filtro para usar todos os dias pode usar roupas, as que deixem a pele respirar, além de boné e outros tipos de proteção. Os protetores estão ficando mais baratos também, o ideal é que use o filtro químico junto à proteção mecânica”, recomenda Fabiana Palma.

Cuidados na praia
Para quem vai se expor ao sol por um período mais longo, o cuidado tem que ser ainda maior. “No dia a dia, quando a pessoa tem exposição eventual ao sol, não precisa reaplicar o filtro solar a cada 2h, principalmente se for se molhar ou se transpirar muito”, diz Tatiana Gabbi. “Essa recomendação a gente dá para as pessoas que vão se expor ao sol por longo período, porque a quantidade de sol à qual você estará exposto aumenta o risco”, comenta.

E não adianta economizar na hora de aplicar o filtro. Para a proteção ser adequada, Fabiana Palma sugere passar duas camadas de protetor. “O ideal é cobrir toda a superfície corporal pelo menos 15 minutos antes de se expor ao sol, e depois que a pele absorver o protetor, aplicar novamente”, explica.

Ela ressalta que todo o corpo precisa ser coberto – por isso é importante lembrar de orelhas, ponta de nariz e até plantas dos pés. A servidora pública aposentada Consuelo Guerreiro, 57 anos, não deixa nenhuma área sem proteção, nem mesmo quando vai dirigir.
“Uso luvas nas mãos e no braço que ficam sob o sol. Na juventude, a gente pensa que é imortal. Mas o sol tem um efeito retardado, ele age no seu corpo por anos, até que um dia pode aparecer algo”, diz ela, com propriedade, afinal, em 1996 teve pela primeira vez um melanoma, tipo mais agressivo de câncer de pele.

“Não lembro de ter algum cuidado com a pele nos anos 80. Sempre tomei muito sol. Às vezes usava bronzeador, nunca protetor. Isso contribuiu para que eu pegasse o câncer”, conta ela, que é paciente de melanoma há 22 anos.

“Sou um caso raro de sobrevida longa, porque a estatística da sobrevida após 10 anos da primeira cirurgia é rara”, diz Consuelo. Apesar de mais agressivo, o melanoma é menos frequente do que os outros tumores.

Proteção diária
A servidora pública Ligia Leal, 33, usa protetor diariamente desde os 21 – e chama atenção a pele lisa e sem manchas. “Durante a semana, passo às 7h, antes de pegar ônibus para ir ao trabalho, e passo novamente quando volto, às 17h, no rosto e no colo. E uso sombrinha com proteção UV”, relata ela, que só usa protetor nos braços se for se expor em horários que o sol estiver mais forte.

Ela sempre anda com protetor na bolsa e retoca quando fica ao ar livre. “Teve época que ficava muito exposta ao sol porque trabalhava na rua, aí criei o hábito de me proteger com boné e filtro”, comenta ela, que também usa camisa de manga com proteção UV e só entra na piscina até as 9h.

‘Barreiras físicas’ ajudam a tornar a proteção da pele ainda mais eficiente
A servidora pública Ligia Leal, 33 anos, que usa protetor solar diariamente desde os 21, lança mão de uma verdadeira armadura para fazer atividades ao ar livre. “Quando faço trilha, reaplico o protetor com mais frequência, uso uma blusa de manga comprida com proteção UV e uma bandana com proteção UV para cobrir o rosto, além de luvas, chapéu e óculos de sol”.

A proteção mecânica, como camisas, luvas e chapéus utilizados por Consuelo, é bem- vinda como complemento à proteção assegurada pelo protetor solar. Além do velho conhecido guarda-sol, luvas, chapéus, roupas e até sombrinhas com proteção UV são algumas das novidades no mercado contra os efeitos do sol.

Mas nada de substituir o protetor pelas roupas de proteção UV, porque mesmo sob a sombra da sombrinha, o sol queima.
“Se você está na sombra, você também está recebendo radiação. Mesmo embaixo da barraca, da sombra de uma árvore, tem que usar filtro solar”, alerta a dermatologista Fabiana Palma.

“A gente nunca substitui o filtro tópico. Ele vem sempre antes de colocar a roupa, a maquiagem, e até o pó compacto com proteção solar. O filtro ainda é a forma mais eficiente de se proteger dos efeitos nocivos do sol”, explica.

Ligia diz que não se preocupa em não ter o bronze do Verão, ou de usar muitas proteções físicas para se esconder dos raios UVA. “Hoje minha prioridade é me proteger do sol, porque se exagerar no bronzeamento, a pessoa pode até ficar bonita na hora, mas depois a pele sofre envelhecimento precoce”, analisa.

Os raios UVA, além do bronzeamento gradual, também deixam marcas de envelhecimento na pele. Flacidez, rugas e manchas são três tipos de envelhecimento extrínsecos, ou seja, causados pelo ambiente, e o sol pode provocar os três.

“O sol, associado à dieta pobre em betacaroteno, fumo, dieta rica em açúcar, pode levar a todos os tipos de envelhecimento”, afirma a dermatologista Tatiana Gabbi.

E mesmo as pessoas com pele morena ou negra devem se proteger. “A melanina é nosso filtro natural. Mas isso não isenta pessoas negras de não se protegerem, porque existe o câncer de pele em negros também. Então, orientamos que seja usado filtro solar, sempre fator 30 ou maior”, explica Fabiana.

Se você ainda quer ficar com “a cor do Verão”, mas com saúde, pode estender a esteira na areia, mas sempre com o filtro e com paciência. “Se expor gradativamente, com protetor de, no mínimo, fator de proteção 30, é a melhor opção. Não existe sol bom. A gente precisa se expor com consciência”, conclui.

Fonte | Correio24horas

Brasil tem 622 grávidas ou lactantes em presídios

Brasil tem 622 grávidas ou lactantes em presídios

O Cadastro Nacional de Presas Grávidas e Lactantes, criado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) constatou que 622 mulheres presas no Brasil estão grávidas e lactantes.

O cadastro vai permitir que o judiciário conheça e acompanhe, continuamente, a partir de agora, a situação das mulheres submetidas ao sistema prisional brasileiro. Do total, 373 estão grávidas e 249 amamentam seu filho. As informações extraídas do Cadastro, até o último dia de 2017, revelam que o maior número de mulheres gestantes ou lactantes estão custodiadas no estado de São Paulo, onde, de 235 mulheres, 139 são gestantes e 96 lactantes. Em segundo lugar vem Minas Gerais, com 22 gestantes e 34 lactantes.

Na Bahia foram registradas 8 gestantes e 4 lactantes. O Amapá é a única unidade da federação que, desde outubro de 2017, não tem mulheres presas em nenhuma dessas situações.

“Não quero que nenhum brasileirinho nasça dentro de uma penitenciária, isso não é condição precária, é de absoluta indignidade”, afirmou a presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, idealizadora do cadastro.

Na avaliação da ministra, se o judiciário não tiver condições de deferir a prisão domiciliar, o Estado deve providenciar um local adequado para que a mãe possa ficar custodiada até o término da gestação, assim como durante o período de amamentação de seu filho.

Fonte | Bahianoticias

Após incêndio, sociedade organizada eunapolitana solicita ao Governo do Estado uma unidade do Corpo de Bombeiros

Na noite de ontem, dia 24/01, um grave incêndio atingiu dois pontos comerciais na Avenida Santos Dumont, no centro de Eunápolis (BA). Felizmente, ninguém se feriu e o fogo foi contido por moradores das proximidades das lojas incendiadas.

Potencialmente, o acidente de ontem poderia ter causado danos mais graves. Em razão disso, a PRODEN – ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL PRÓ-DESENVOLVIMENTO DO EXTREMO SUL DA BAHIA, cumprindo o objetivo de representar a classe empresarial eunapolitana e buscar melhorias de infraestrutura para os seus associados, formalizou, junto ao Governo do Estado da Bahia e ao Comando-Geral do Corpo de Bombeiros da Bahia, a solicitação da implantação de unidade física desta corporação no município de Eunápolis.

Considerando o desenvolvimento do município de Eunápolis e sua relevância econômica na região, e utilizando argumentos dispostos nas Leis, o ofício com a solicitação da atuação do Corpo de Bombeiros na cidade foi direcionado na manhã de hoje, 25/01, aos representantes dos órgãos competentes. 

Segue anexo Ofício enviado ao Governo do Estado. Ficamos à disposição para quaisquer esclarecimentos e agradecemos aos associados pela compreensão e apoio.

Quem é a PRODEN?

A PRODEN nasceu para colaborar com o desenvolvimento da região, gerando emprego e renda de maneira sustentável e, melhorando a qualidade de vida das pessoas, priorizando o crescimento econômico, sem abrir mão dos cuidados com as pessoas e o meio ambiente.

Por | Agência VILAÇA COMUNICAÇÃO

Por unanimidade, TRF4 mantém condenação do ex-presidente Lula

Por unanimidade, TRF4 mantém condenação do ex-presidente Lula

O tribunal ainda aumentou a pena para 12 anos e 1 mês

Os três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF/Porto Alegre) votaram a favor da condenação do ex-presidente Lula no caso triplex, mantendo a decisão tomada em primeira instância pelo juiz Sergio Moro. Esta é a maior derrota de Lula na Operação Lava Jato.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, primeiro a votar, aumentou a condenação do ex-presidente por corrupção e lavagem de dinheiro para 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado. O desembargador Leandro Paulsen, segundo a votar, acompanhou Gebran Neto, e também deu 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado para o petista. O desembargador Victor Laus foi o último a votar.

Mesmo condenado em 2ª instância, Lula não será preso agora; entenda

A denúncia da força-tarefa da Lava Jato atribuiu a Lula a lavagem de R$ 2,2 milhões. O valor corresponde ao triplex e suas respectivas reformas no condomínio Solaris, no Guarujá, supostamente custeadas pela empreiteira OAS. O processo envolveu o suposto favorecimento da construtora em contratos com a Petrobras.

Lula sempre negou categoricamente que houvesse aceitado o imóvel da empreiteira e apelou por sua absolvição. A defesa tem reiterado que o petista é vítima de lawfare, o uso indevido de recursos jurídicos para fins de perseguição política.

Julgamento

O julgamento começou às 8h30 com a apresentação do relatório do desembargador João Pedro Gebran Neto. Ele fez um resumo da ação e negou questão de ordem apresentada pela defesa que pedia mais tempo de fala.

Depois, o procurador regional da República Maurício Gotardo Gerum, teve 30 minutos para se manifestar. Ele afirmou que o ex-chefe do Executivo se corrompeu e que a defesa não conseguiu apresentar qualquer elemento probatório consistente que afastasse a acusação dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Lamentavelmente, Lula se corrompeu”, resumiu.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin, afirmou, durante julgamento, que o processo é nulo e que, na sentença, não foi feita prova da culpa, mas, sim, da inocência do ex-presidente. Na alegação, Zanin apontou uma série de inconsistências no processo.

Depois, os desembargadores iniciaram a leitura dos votos. O primeiro foi o relator, João Pedro Gebran Neto, que votou pela condenação de Lula e o aumento da pena de 9 anos e 6 meses de prisão para para 12 anos e um mês de reclusão. Para o desembargador, a pena de Lula deve ser cumprida em regime fechado. Em relação ao ex-executivo da OAS Agenor Franklin, o relator propôs a redução da pena de 6 anos de prisão em regime fechado, para 1 ano, 10 meses e 7 dias de reclusão, em regime aberto. A pena do ex-presidente da empreiteira da OAS, José Aldemário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, foi mantida em 3 anos, 6 meses e 20 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto.

O revisor, Leandro Paulsen, votou em seguida. Ele acompanhou o relator e também manteve condenação de Lula e aumento da pena. Com isso, o placar ficou em 2 a 0, o que significa maioria no tribunal para manutenção da condenação de Lula. Paulsen disse, no entanto, que a pena só deve ser cumprida após todos os recursos “serem exauridos na segunda instância”.

O terceiro e último a votar foi o desembargador Victor dos Santos Laus, que também manteve a condenação e aumento da pena.

Recorrer

O cumprimento da pena de Lula só poderá ser feito após esgotados todos os recursos em segunda instância.

O tribunal informou que os desembargadores Leandro Paulsen e Victor Laus sairão de férias. Paulsen ficará 30 dias fora, a partir de 29 de janeiro. Pelo mesmo prazo, Victor Laus também estará de férias a partir de 21 de fevereiro. Nas férias dos titulares, juízes federais são convocados. Neste caso, serão chamados para a 8º Turma Nivaldo Brunoni, para substituir Laus, e Antônio Bochenek, no lugar de Paulsen. Mesmo com as férias dos titulares, os prazos processuais correm normalmente, conforme o tribunal.

A defesa de Lula deve conceder ainda hoje entrevista, em Porto Alegre, sobre o resultado do julgamento do recurso.

Por | Correio24horas

Página 2 de 16912345...102030...Última »
FECHAR