ITAMARAJU | TCM faz representação ao MPE contra ex-prefeito

ITAMARAJU | TCM faz representação ao MPE contra ex-prefeito

Na sessão desta quarta-feira (21/06), o Tribunal de Contas dos Municípios determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito de Itamaraju, Manoel Pedro Rodrigues Soares, para que se apure a possível prática de ato de improbidade administrativa diante das graves irregularidades na contratação da empresa Jam Transportes e Locação de Máquinas, no valor total de R$960.000,00, tendo por objeto a locação de máquinas pesadas no exercício de 2014.

O conselheiro Fernando Vita, relator do termo de ocorrência, multou o gestor em R$15 mil.

A relatoria concluiu pela existência de irregularidades no procedimento realizado para contratação da empresa, especialmente a ausência de motivação da contratação, “vez que não há elementos suficientes para inferir a real fundamentação fática e jurídica para manter, de modo permanente, máquinas pesadas à disposição da municipalidade”.

Também foi identificado o encaminhamento de nota fiscal relativa ao processo de pagamento em cópia e a inobservância dos princípios constitucionais da razoabilidade e moralidade, em razão da desproporção dos gastos efetivados com a locação de máquinas pesadas.

Na mesma sessão, o conselheiro Mário Negromonte também considerou procedente outro termo de ocorrência lavrado contra o gestor Manoel Pedro Soares, desta vez pela existência de ilegalidade na realização de despesas com diárias em 2015, no montante total de R$44.300,00. O relator determinou o ressarcimento do valor aos cofres municipais, com recursos pessoais do ex-prefeito, e imputou multa de R$1.500,00.

O gestor não comprovou o efetivo interesse público para o pagamento das diárias. Na maioria das vezes, foi informado no processo de pagamento apenas “se tratar de despesa em razão de deslocamentos para tratar de interesses do município”, o que deixa evidente a falta de controle, parcimônia e inobservância à economicidade, segundo mo relator. A decisão ainda cabe recurso.

Por | TCM

PRADO | Mayra Brito é multada por irregularidades em processos licitatórios

PRADO | Mayra Brito é multada por irregularidades em processos licitatórios

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quarta-feira (21/06), multou em R$10 mil a prefeita de Prado, Mayra Pires Brito, por irregularidades em processos licitatórios realizados para contratação de empresas visando a produção dos festejos culturais de 2015, ao custo total de R$1.221.848,20. Além das falhas nos procedimentos, o relator do processo, conselheiro José Alfredo Dias, entendeu pela irrazoabilidade dos gastos em razão da situação financeira do município.

O parecer foi aprovado por 5 votos, com a abstenção apenas do conselheiro Mário Negromonte.

A relatoria considerou irrazoável que a municipalidade se disponha a custear eventos de expressivo valor, quando se constata com frequência, inclusive nas análises feitas nas contas da Prefeitura de Prado, que a gestora vem constantemente utilizando a falta de verbas públicas como argumento para deixar de dar cumprimento às obrigações que lhe competem em áreas prioritárias da gestão pública.

Apesar de alegar que as festividades seriam essenciais para atrair uma maior quantidade de visitantes e elevar a arrecadação e o desenvolvimento da cidade, a defesa da gestora não apresentou qualquer documento que comprovasse o fato apontado, não demonstrando, desta forma, a razoabilidade da despesa.

O processo identificou ainda a ausência de justificativa e cotação dos preços praticados no mercado, não publicação resumida do contrato e ausência do contrato administrativo de prestação de serviços. A decisão ainda cabe recurso.

Por | TCM

ITAMARAJU | Projeto de lei que solicita a fixação de escala de médicos e profissionais em unidades de saúde é apresentado na Câmara

ITAMARAJU | Projeto de lei que solicita a fixação de escala de médicos e profissionais em unidades de saúde é apresentado na Câmara

O Projeto de Lei 011/2017 que requer do executivo Municipal a transparência na fixação de escalas médicas e profissionais nas unidades de saúde pública do município de Itamaraju foi apresentado na Câmara Municipal de Vereadores de Itamaraju durante sessão ordinária ocorrida na noite desta terça-feira (20).

De autoria do parlamentar Egnaldo Fernandes, o projeto torna obrigatório fixar em lugar visível a lista dos médicos e demais profissionais responsáveis pelo plantão e regime de escala disponível na rede pública de saúde do município. Este que foi encaminhado às comissões para análise e poderá ser colocado em votação nas próximas sessões.

Contando com a presença da maioria dos parlamentares, notando apenas a ausência dos parlamentares (Rubens Neves e Mazuck Ribeiro), que foram justificadas por motivos de saúde, ainda foram promovidas discussões em favor da necessidade da população.

Além da apresentação do projeto de lei, que registrou grande aceitação pelos edis, a sessão seguiu tranquilamente sob a presidência do parlamentar Francisco das Chagas Feitosa Gilo, o popular “Chico Giló” que apresentou em pequeno expediente, diversas indicações e pedidos de providências que foram aprovados por unanimidade.  

Pedido de providência 56/2017 – Requer do executivo o patrolamento e cascalhamento das estradas vicinais que dão acesso aos povoados de Córrego da barriguda e Hortifrute.

Pedido de Providência 57/2017 – Requer do executivo a recuperação do calçamento da Rua Almirante Tamandaré.

Pedido de Providência 58/2017 – Requer do executivo a agilidade na ligação de energia da bomba D’água do poço artesiano do Povoado de Nova Esperança.

Pedido de Providência 59/2017- Requer do executivo a reforma geral da Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves, localizada no Povoado de Pau d’ alho.

Indicação 56/2017 – Requer do executivo a pavimentação da Rua C, que dar acesso ao bairro Italage.

Indicação 57/2017 – Requer do executivo a Pavimentação da Rua Imperatriz Leopoldina.

Indicação 58/ 2017 – Requer do executivo a iluminação da Praça Valter Carvalho.

Os discursos da noite foram realizados pelos vereadores Evando Rodrigues, Isaque Gil, Egnaldo Fernandes e Edson, o “som de nova alegria”.

As matérias abordadas foram sobre a saúde, iluminação pública, recuperação de calçamentos de ruas e estradas vicinais, uniforme para garis, recuperação do telhado do mercado municipal da cidade baixa e outros.  

Logo após, a sessão foi encerrada e a próxima esta marcada para o dia (27), onde o gestor Municipal Marcelo Angênica se fará presente para fazer um balanço geral do seu governo.

Notando cada vez mais um número reduzido de pessoas que acompanham as sessões, o presidente Chico Giló, convida a população a participar das reuniões que acontecem todas as terças, ás 19hs.

ITAMARAJU | Vereadores discutem indicações e aprovam medidas

ITAMARAJU | Vereadores discutem indicações e aprovam medidas

Os parlamentares municipais novamente estiveram reunidos nesta terça-feira (13) na câmara de vereadores do município de Itamaraju, para discutir e aprovar leis e medidas que garanta melhorias à comunidade.

Presidida pelo parlamentar Chico Giló, apenas foi percebida a falta do vereador Marcão da CUT, onde em pequeno expediente foram feitas a leitura da ATA sobre a sessão anterior, sendo aprovada na seqüência. Além de apresentação de varias indicações propostas pelos edis.

Em grande expediente a palavra foi fraqueada a dois vereadores inscritos, onde um realizou agradecimento e outro apresentou divergências sobre ações do gestor. Mas a discussão esquentou, quando um dos vereadores que compõe a base aliada, questionar que gestões dominadas pelo partido dos trabalhadores contribuíram com o atraso do município.

Mas tudo terminou numa harmonia e num formato sereno, após parte do tempo ser utilizado por vereadores explanarem de forma defensiva.

Na seqüência foi lida a ordem do dia com os seguintes itens:

Oficio encaminhado ao gestor municipal, para efetuar explanações sobre as atuais medidas governistas adotadas no município.

  • Indicação 051/2017 – Pavimentação da Rua Isaac Junior no distrito de Pirajá, realizada por Isaque Ribeiro;
  • Indicação 052/2017 – Conclusão da pavimentação da Rua Porto Seguro no bairro Cristo redentor, realizada pelo vereador Isaque Ribeiro;
  • Indicação 053/2017 – Reconhecimento do poder executivo das comunidades de Coração central e Nova Esperança como povoado ou distrito, efetuado pelo vereador Isaque Ribeiro;
  • Indicação 054/2017 – Patrolamento das estradas de Pirajá, Piragi e Itabrasil, efetuado pelo vereador Isaque Ribeiro;
  • Indicação 055/2017 – Patrolamento das estradas de Santo Agostinho e Santa Rita, efetuado pelo vereador Rubens Neves;
  • Indicação 056/2017 – Pedido de pavimentação da Rua Anísio Teixeira no bairro de Fátima, promovido pelo vereador Flavio da Silva;
  • Indicação 057/2017 – Patrolamento das estradas de Pirajá, Piragi e Itabrasil, efetuado pelo vereador Isaque Ribeiro;
  • Indicação 057/2017 – Pedido de pavimentação da Inácio Tosta Filho, promovido pelo vereador Flavio da Silva;

Onde todos os atos propostos foram submetidos à discussão e na seqüência aprovados em formato unânime.

O presidente Chico Giló, agradeceu a presença de todos relatando a forma como as sessões são conduzidas de forma harmoniosa e tranquila.  Informou ainda que a próximo sessão ocorrerá na próxima terça-feira (20), estendendo seu convite a comunidade em participar das sessões.

BAHIA | Pesquisa aponta vitória de ACM Neto para governo estado no 1º turno

BAHIA | Pesquisa aponta vitória de ACM Neto para governo estado no 1º turno

O prefeito de Salvador pontua com mais de 50% em todos os recortes de gênero, faixa etária, escolaridade e nível econômico.

A primeira pesquisa sobre a sucessão estadual em 2018, feita pelo Instituto Paraná e divulgada ontem pela Record Bahia, aponta que, caso as eleições fossem hoje, o prefeito ACM Neto (DEM) venceria a disputa contra o governador Rui Costa (PT) em todos os cenários. As intenções de voto atribuídas ao democrata no levantamento indicam ainda que a vitória ocorreria já no primeiro turno.

Em um dos cenários, Neto obteve a preferência de 54,5% dos entrevistados. Em segundo, aparece Rui, com 24,1%, seguido pelo senador Otto Alencar (PSD), aliado político do petista, citado por 4,7% dos eleitores. Fábio Nogueira (Psol), que disputou no ano passado a prefeitura, ocupa o último lugar, com 2,9%. Os indecisos somam 4,3% e 9,5% afirmaram que não votariam em nenhum dos quatro.

Sem a presença de Otto no páreo, o democrata foi escolhido por 58,4%, contra 28,8% do petista. O cenário em que o nome do governador não é apresentado, Neto surge com 65,3% das intenções de voto, ante 10,6% do senador e 4,5% de Nogueira. Rui lidera apenas quando o prefeito é excluído da lista de virtuais candidatos ao governo, com 47,2%, à frente de Otto (13,8%) e Nogueira (5,7%).

O prefeito de Salvador pontua com mais de 50% em todos os recortes de gênero, faixa etária, escolaridade e nível econômico. Entre o público masculino, Neto registrou 55,4%, seguido por Rui (25,6%), Otto (5,1%) e Nogueira (2,7%). Já entre as mulheres, o prefeito tem 53,7%, seguido por Rui (22,8%), Otto (4,3%) e Nogueira (3,1%).

Idade
Neto tem maior pontuação no público acima de 60 anos (56,2%), enquanto Rui consegue melhor resultado entre as pessoas de 45 a 59 anos (26,7%), faixa em que o democrata teve seu menor índice (52,7%). Já o petista tem percentual mais baixo entre eleitores de 35 a 44 anos, com 21,7% da preferência.

Em relação à escolaridade, Neto obteve percentual mais alto entre pessoas com ensino médio completo (56,7%), público em que Rui tem o pior desempenho (22,9%). Entre aqueles que têm ensino superior, o governador atinge 25,7%, enquanto o prefeito aparece com 51%.

Para o diretor do Instituto Paraná, Murilo Hidalgo, o levantamento indica ampla vantagem de Neto, mas ainda há incertezas sobre as candidaturas . “É o início do processo. Precisa ver se ele (Neto) vai sair ou não, se o governador buscará a reeleição, se Otto entrará na disputa”, avaliou.

Segundo Hidalgo, o índice de eleitores que recusaram todas as opções apresentadas, próximo aos 10%, reflete o momento da política brasileira, onde há forte rejeição aos ocupantes de mandato eletivo. Os nomes dos virtuais candidatos foram decididos em conjunto com a Record Bahia, contratante da pesquisa.

Questionado sobre o resultado, Neto adotou o tom de cautela. “É muito cedo para falar de 2018. Vou continuar trabalhando por Salvador. No momento certo, vamos tratar das eleições com os partidos que nos apoiam”, disse o democrata. Sem agenda pública ontem – segundo sua assessoria de imprensa, por causa de uma gripe -, o governador não comentou a pesquisa.

O Instituto Paraná ouviu 1.510 eleitores em 70 municípios baianos de 31 de maio a 4 de junho. A margem de erro estimada para o levantamento é de 2,5%, para mais ou para menos, com índice de confiança de 9.

Por | Correio da Bahia

TCM | Ex-prefeito de Itamaraju sofre duas representações ao MPE

TCM | Ex-prefeito de Itamaraju sofre duas representações ao MPE

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (01/06), considerou procedentes dois termos de ocorrência julgados contra o ex-prefeito de Itamaraju, Manoel Pedro Rodrigues Soares, e determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor, nos dois casos, para que se apure a prática de improbidade administrativa nos exercícios de 2013 e 2015.

O conselheiro Plínio Carneiro Filho, relator de um dos processo, multou o gestor em R$3 mil e determinou o ressarcimento aos cofres municipais da quantia de R$83.700,00, com recursos pessoais, por não ter comprovado que a empresa Paulo César de Aguillar Batista efetivamente realizou os serviços de levantamento topográfico e de coordenadas geográficas das escolas rurais.

A contratação da empresa se deu de forma irregular, já que na Tomada de Preço, no valor de R$142.702,80, ela não apresentou diversos documentos indispensáveis à comprovação da legalidade do procedimento.

E uma suposta dispensa de licitação, no valor de R$6.100,00, não teve sua formalização comprovada. O gestor não fez qualquer esforço para demonstrar a regularidade das citadas contratações.

Já o conselheiro Mário Negromonte imputou ao gestor uma multa de R$50 mil em razão da demora da administração em adotar providências quanto à divergência – no montante de R$21.807.498,52 – entre os bens patrimoniais registrados no Balanço Patrimonial e os valores informados no inventário, informada nas contas relativas ao exercício de 2013.

Também em razão da resistência do ex-prefeito em cumprir a determinação de restituição à conta específica do Fundeb, com recursos públicos municipais, da importância de R$3.514.519,60. A decisão ainda cabe recursos.

Por | TCM-BA

BAHIA | Começa a coleta de dados para o Censo Escolar da Educação Básica

BAHIA | Começa a coleta de dados para o Censo Escolar da Educação Básica

Começa, nesta quarta-feira (31), o Censo Escolar da Educação Básica e a Secretaria da Educação do Estado orienta para que os gestores das escola estaduais atualizem as informações dos estudantes e das unidades escolares no Sistema de Gestão Escolar (SGE). Os dados informados serão migrados para o Sistema Educacenso, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Os dados coletados pelo Censo Escolar servem de base para a formulação de políticas públicas e para a distribuição de recursos públicos como alimentação e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), entre outros. Os dados também são utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por outros ministérios como Saúde e Esportes e por organismos internacionais como a UNESCO e o UNICEF.

A superintendente de Gestão da Informação Educacional do Estado, Cristiane Soares Ferreira, diz que esta atualização é imprescindível. “É essencial que os dados coletados sejam fidedignos para que a gente tenha a geração de políticas públicas de Educação adequadas para o nosso Estado. Além disso, esses dados são pré-requisito para as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)”, destaca.

Treinamentos – Para respaldar a ação junto aos gestores escolares, a Secretaria da Educação do Estado realizará, a partir desta segunda-feira (5), treinamentos para técnicos dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e de secretarias municipais de Educação, para a execução do censo nos municípios baianos. A primeira capacitação será no NTE 26, que envolve Salvador e Região Metropolitana. Neste caso, os técnicos preencherão os dados no Sistema Educacenso disponíveis no link: http://educasenso.inep.gov.br.

O Censo é realizado anualmente em regime de colaboração entre o INEP e as secretarias estaduais e municipais da Educação, em caráter declaratório e mediante coleta de dados descentralizados. A ação engloba todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica, onde são coletadas informações dos estudantes, turmas, escolas e profissionais da educação como unidades de informação principal.

Confira aqui o calendário de treinamentos no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

Por | Ascom

BAHIA | Municípios podem realizar adesão ao Programa Saúde na Escola

BAHIA | Municípios podem realizar adesão ao Programa Saúde na Escola

Os municípios podem realizar a adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE), até o dia 14 de junho, no endereço egestorab.saude.gov.br. O programa terá duração de 24 meses e vai contemplar as escolas públicas do município, independente da esfera administrativa (estadual, municipal e/ou federal).

Para a inscrição, os gestores responsáveis pelas secretarias municipais de educação devem indicar as escolas para a participação seguindo critérios, como as condições de vulnerabilidade dos estudantes. 

O coordenador de Educação Ambiental e Saúde, Fabio Barbosa, da Secretaria da Educação do Estado, fala da importância da adesão dos municípios ao programa. “Considerando que a proposta do PSE vem na perspectiva da articulação entre políticas públicas, a adesão do município é o primeiro passo para as práticas de promoção e prevenção de agravos e doenças em crianças, adolescentes, jovens e adultos”, destaca. 

Realizando ações há quatro anos, o Colégio Estadual Ypiranga, no 2 de Julho, promove uma série de atividades com os estudantes, junto à unidade de saúde do bairro, que envolvem vacinações, avaliações de saúde bucal e psicológica, além de palestras sobre diversos temas. “No colégio, nós mantemos um Grupo de Trabalho Intersetorial Local (GTIL) que é integrado por professores, alunos e agentes de saúde. Com isso buscamos, por meio de reuniões, perceber as necessidades da comunidade escolar e oferecer serviços focados nesta demanda”, destacou o professor Zulmiro Souza, articulador da Educação Integral na unidade. 

Para Fabio, a criação do GTLI nas escolas é uma das ações incentivadas pela Secretaria. “Apesar do PSE seguir uma proposta de 12 ações, como o combate ao mosquito Aedes aegypti e promoção da segurança alimentar e nutricional, temos a consciência que alguns locais têm demandas específicas que podem ser identificadas pelos agentes sociais do local. Por isso, esse trabalho interno pode contribuir para que possamos ser mais eficientes em nossas ações”, afirmou. 

Para a estudante 2º ano, Letícia Silva 16, do Colégio Estadual Ypiranga, o programa vem trazendo diversos benefícios para a comunidade escolar. “Termos essas atividades na escola promovem a saúde dos estudantes de forma regular. Isso é muito importante pois interfere diretamente na condição de aprendizado. Desde o ano passado participo do GTLI e estou bastante motivada para mobilizar os colegas para as atividades que realizamos e vamos realizar durante o ano letivo”, conta. 

PSE – O Programa Saúde na Escola é uma política intersetorial, regido pela Portaria Interministerial nº. 1.055, de 25 de abril de 2017, na qual a articulação, principalmente, dos setores da educação e da saúde, é indispensável para efetividade das ações. O objetivo principal é a atenção integral à saúde dos educandos da rede pública, através de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde de forma a empoderá-los para o reconhecimento e, consequentemente, o enfrentamento das situações que os tornam vulneráveis e que possam vir a comprometer o seu pleno desenvolvimento.

Para mais informações acesse:http://escolas.educacao.ba.gov.br/saudenaescola

Por | Ascom

Presidente do SINDPOC é agredido pela PM no protesto de Brasília

Presidente do SINDPOC é agredido pela PM no protesto de Brasília

Policiais Civis protestaram contra as Reformas de Michel Temer e reivindicaram Eleições Diretas

Lideranças do SINDPOC participaram das manifestações em Brasília e denunciaram os retrocessos das Reformas à categoria

Nesta quarta-feira(24) policiais civis de diversos Estados do país aderiram às manifestações, em Brasília, para reivindicar a realização de Eleições Diretas e protestar contra as Reformas da Previdência e Trabalhista.

O Presidente do SINDPOC na Bahia, Marcos Maurício, explica que o Projeto da Reforma da Previdência, proposto por Michel Temer, vai trazer prejuízos históricos à categoria.

Segundo o sindicalista, o Governo Federal alterou a idade de aposentadoria para 65 anos homens e 62 anos mulheres e aumentou o tempo de contribuição para 25 anos. ” Estão desconsiderando que a Polícia Civil exerce atividade de risco! Não vamos aceitar esse desrespeito com a categoria!”, frisou Marcos Maurício.

Durante a manifestação em Brasília, o Presidente do SINDPOC destacou que os policiais civis vão intensificar as manifestações e atos políticos contra o Governo Federal e Estadual.

“Hoje vivemos uma cena de guerra! A PM avançou nas áreas destinadas aos manifestantes e agrediu mulheres, crianças, estudantes e policiais civis com bomba de gás lacrimogêneo e balas de borracha! Um verdadeiro atentado ao Estado Democrático e de Direito!”, criticou Marcos Maurício.

O sindicalista foi atingido pela Polícia Militar e encontra-se com lesões na região das costas.

Por | Ascom

Temer nega renúncia e se apega à economia para ficar no poder

Temer nega renúncia e se apega à economia para ficar no poder

Em pronunciamento em rede nacional, o presidente da República, Michel Temer, negou que renunciará ao cargo e disse que nunca pediu a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha.

Discursando no Palácio do Planalto, o peemedebista admitiu a conversa com Joesley Batista, dono da JBS, mas sem citar seu nome, e disse que o empresário havia contado apenas que estava ajudando a “família de um ex-parlamentar”.

“Não solicitei que isso acontecesse, só tomei conhecimento desse fato na conversa que tive com esse empresário. Em nenhum momento autorizei a pagar quem quer que seja para ficar calado. Não temo nenhuma delação, não preciso de cargo público nem de foro especial, nada tenho a esconder”, declarou Temer.

O presidente ainda garantiu que esclarecerá as denúncias no Supremo Tribunal Federal (STF), que abriu um inquérito contra ele, e pediu rapidez nas investigações. “Não renunciarei, sei o que fiz e sei da correção de meus atos. Exijo uma investigação plena e muito rápida para os esclarecimentos ao povo brasileiro. Essa situação de dúvida não pode persistir por muito tempo”, acrescentou.

Temer também chamou a gravação de “clandestina” e afirmou que não se pode “jogar no lixo da história tanto trabalho em prol do país”. “Quero deixar muito claro dizendo que meu governo viveu nesta semana seu melhor e seu pior momento. O otimismo retornava, e as reformas avançavam no Congresso Nacional. Ontem, contudo, a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe de volta o fantasma de uma crise política de proporção ainda não dimensionada. Portanto, todo o imenso esforço de retirar o país de sua pior recessão pode se tornar inútil”, declarou.

No diálogo em questão, Temer ouve de Joesley que Cunha e o doleiro Lúcio Funaro estavam recebendo uma mesada na prisão para “ficarem calados”. “Tem que manter isso, viu”, foi a resposta do presidente da Republica. Na mesma conversa, ele indica o deputado peemedebista Rodrigo Rocha Loures para resolver um assunto da holding J&F, controladora da JBS, no governo.

Mais tarde, Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil de Ricardo Saud, diretor da empresa. O áudio da conversa ainda não foi liberado pelo STF. Durante todo o dia, Temer ouviu aliados favoráveis e contrários à renúncia, mas sua decisão de continuar no cargo pode provocar uma debandada na base aliada.

Por | Terra

Página 3 de 5312345...102030...Última »
FECHAR