Cesar Car

Denúncia leva PM e Assistência Social à residência de casal de idosos com maus tratos em Itamaraju

Na manhã da última segunda-feira (26), uma denúncia anônima levou policiais da 43º CIPM juntamente com representantes da Assistência Social a uma residência onde vive um casal de idosos que estariam vivendo sobre maus tratos em um bairro de Itamaraju.

Tentando esclarecer essa situação, policiais da 43ª CIPM, juntamente com a Assistente social Cláudia Menezes e Maria das Graças Emerick coordenadora do Instituto de Identificação Pedro Melo, destinaram-se para o local onde foi comprovada a veracidade da denuncia.

Ao chegar à residência localizada no bairro Urbis II, no caminho 14 e casa 6, logo foi notada uma residência com aparência de abandono. Para ter acesso ao interior do imóvel foi necessário o filho do casal, que mora em outra cidade quebrar o cadeado.

No interior da residência o mau cheiro e parte de um cômodo mais parecia um cenário de tremor de terra ou local que passou por uma tempestade, apesar dos moveis que aparentava terem sidos adquiridos há pouco tempo.

O casal vítima dos maus tratos trata-se de Maria Eunice Moreira Alves e do senhor Delmiro de Jesus que no momento da visita tremiam muito devido à situação de debilitação. Com idade bastante avançada, mas que não pode no momento ser identificada, devido à falta dos documentos pessoais.

Ao serem perguntados sobre a situação em que vivem à senhora Maria Eunice informou que há 3 dias não comiam e que já estavam fazendo uso de medicamentos trocados. Que o seu companheiro Delmiro é uma pessoa que sobre convulsões epiléticas e para evitar a doença o mesmo faz uso de um determinado medicamento que já não havia acabado.

Diante da situação os policiais decidiram encaminhá-los até o HMI, para um atendimento médico e para que exames mais detalhados fossem efetuados. De acordo com o casal, os mesmos recebem benefícios proveniente de suas aposentadorias, mas que não esta chegando a suas mãos.

Parte da denuncia diz respeito que esse beneficio está sendo usurpado por uma das filhas, que até pouco tempo contraiu um empréstimo para aquisição de uma moradia sobe o consentimento dos irmãos, mas para que a mesma cuidasse do casal. Porém as imagens mostram exatamente o contrário.

Nossa equipe esteve acompanhando a visita, mas a responsável pelo casal não quis falar sobre o assunto. A policia militar registrou um boletim encaminhado à situação a policia civil, que poderá indiciar os filhos por abandono de incapaz somada ainda a maus tratos.

O casal foi internado no HMI para receber melhor atendimento e só receberão alta assim que o quadro de saúde dos mesmos estiver estável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *