Draco registra 199 TCOs na primeira noite de Carnaval

Do total lavrado, 84 por cento ocorreram no Circuito Dodô, resultado da presença de policiais infiltrados na pipoca, blocos e camarotes

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), por meio de suas equipes de policiais infiltrados, registrou na quinta-feira (23), primeira noite oficial do Carnaval 2017, 199 Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs), nos três postos da unidade, espalhados pelos circuitos.

Nos postos do circuito Dodô, localizados na Ondina e na Barra, foram lavrados 84 por cento do total de TCOs. A maioria foi em decorrência do trabalho realizado por policiais infiltrados nos camarotes, blocos e pipoca. Os demais foram registrados na unidade da Piedade, provenientes de ações de policiais civis, devidamente identificados.

O Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) é lavrado na Polícia Civil e encaminhado à Justiça, que convocará o cidadão que o assinou para prestar esclarecimentos em juízo. A partir daí, o juiz decide qual pena se adéqua melhor à situação de delito. Em casos envolvendo drogas, segundo o delegado Marcelo Sansão, diretor do Draco, o juiz encaminha o usuário para fazer tratamento médico.

Por | Ascom PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *