Estudantes de Itamaraju irão tocar em trio elétrico no Carnaval de Salvador

O Carnaval 2016 será mais do que especial para estudantes da rede estadual de ensino que irão tocar na folia, em Salvador. Eles integram três bandas vencedoras do concurso ‘Novo Talento’ promovido pelo site iBahia, em parceria com o Governo do Estado. Com estilos diversificados, as bandas SKOFE, de Itamaraju, Mandala da Bahia, de Camaçari e Tayna & Tato, de Salvador, vão animar os foliões em um trio elétrico, a partir das 12h, no dia 6 de fevereiro, sábado de Carnaval, no circuito Campo Grande.

Mandala da Bahia

As três bandas são formadas por estudantes que acabaram de concluir os estudos ou estão estudando em colégios estaduais. Alguns deles participaram do Festival Anual da Canção Estudantil (Face), que é um dos projetos estruturantes, promovido pela Secretaria da Educação do Estado, para estimular a arte musical nas escolas da rede estadual de ensino.

SKOF

O guitarrista da banda SKOFE, Ruan Queiroz, 17 anos, acabou de concluir os estudos no Colégio Estadual Polivalente de Itamarajú, no Extremo Sul da Bahia e também conta que aprendeu muito ao participar das seletivas do Face. “O projeto ajudou a evidenciar o meu talento e foi onde aprendi a compor letras e arranjos musicais. Nunca imaginei que pudesse chegar aonde cheguei, de poder mostrar minha música no Carnaval de Salvador”, afirma entusiasmado.

Patrick Sales, 18 anos, toca o instrumento baixo na banda Tainá & Tato e irá cursar o 3° ano no Colégio Estadual Rotary, em Salvador. Para ele, a participação no Face e o apoio da comunidade escolar foram essenciais para o seu direcionamento na circuito musical. “Aprendi muito ao participar do Face porque é um projeto que estimula nosso talento e nos dá a oportunidade de mostrar o nosso trabalho. Hoje, tenho mais experiência com música devido à prática no colégio, onde conto com o incentivos de todos”, afirma o estudante.

Tainá e Tato

Integrante da banda Mandala da Bahia, de Camaçari, Mateus Santana de Oliveira, 20 anos, concluiu os estudos no ano passado, no Colégio Polivalente de Camaçari. “Na banda, toco violão e canto. Vai ser uma grande experiência poder mostrar nosso repertório composto por músicas de samba, MPB e Bossa Nova. Além disso, vamos incorporar o Axé que é a essência do Carnaval”, revela. Para Selton Campos Santana, 20 anos, que também concluiu o 3º ano do ensino médio no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, na mesma cidade, “tocar no Carnaval é algo completamente novo para a gente e que vai nos dar mais visibilidade na área musical para divulgarmos nosso ritmo e baianidade”.

Por | Ascom
Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *