Eunápolis – Caminhoneiro atropela e mata idoso em área urbana

O comerciante Valdete José de Souza, 61 anos, foi mais uma vítima do trânsito urbano de Eunápolis. Ele morreu atropelado por volta das 10h desta sexta-feira (10), no km 718 da BR-101, nas imediações do trevo com a rodovia BR-367.

 

Valdete era morador de Guaratinga, onde tinha uma mercearia, e segundo familiares, tinha vindo a Eunápolis dar entrada em seu processo de aposentadoria. Ele tentava cruzar a pista quando foi atingido por um caminhão baú, com placa de Serra, no Espírito Santo.

O pedestre, que foi arremessado a quase 10 metros de distância, chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu antes de dar entrada na emergência do Hospital Regional.

O motorista do caminhão, o capixaba Eduardo Lima Batista, 21 anos, que seguia em direção ao município de Itabela, afirmou que foi surpreendido.

Em estado de choque, Eduardo relatou a policiais rodoviários federais que o idoso tentou atravessar sem olhar para os lados. ‘Ainda freei muito, mas não deu para evitar a batida’, falou. Eduardo foi submetido ao teste de bafômetro e o resultado foi negativo.

No trecho onde aconteceu o acidente a velocidade máxima permitida é 40 km por hora. O caminhoneiro alegou que estava devagar, fato que vai ser difícil de ser comprovado, pois o disco tacógrafo, que mede a velocidade, estava com problema.

Valdete José tinha vindo para Eunápolis com familiares. Os parentes ficaram resolvendo negócios em uma concessionária de veículos na BR-367 e ele tinha ido ao centro levar a documentação da aposentadoria. Valdete voltava para se encontrar com os familiares quando foi atropelado

Fonte / Radar 64

Deixe seu comentário