Moto Facil

[Guarani] Moradores fecham a BA-489, em protesto por falta de segurança

Moradores do distrito de Guarani, pertencente ao município de Prado, fecharam, desde as 7h da manhã desta quarta-feira (13), a BA-489 (que liga o município de Itamaraju a Prado). Mais uma vez, eles foram para as ruas protestar contra a falta de segurança na comunidade, a onda de assaltos também assusta a comunidade.

Itamaraju - in - protesto- 2016.04.13.1

Devido à manifestação, o congestionamento é grande no local e a fila de carros parados já chega a 2km nos dois sentidos.

De acordo com informações os moradores utilizaram da queima de pneus, para impedir a passagem dos carros, que desde o início do protesto não conseguem passar pela via.

O grupo já avisou que só vai liberar a via quando representantes da Prefeitura Municipal de Prado e da PM estiverem no local para uma negociação.

“Não podemos aceitar que os nossos direitos de ter segurança na comunidade, nos sejam roubados, exigimos respeito,” desabafa um morador.

Itamaraju - in - protesto- 2016.04.13.2

Eles estão com cartazes pedindo melhorias para a região. Até o fechamento desta matéria a BA continuava interditada. Uma guarnição da PM permanece no local mantendo a ordem.

3 thoughts on “[Guarani] Moradores fecham a BA-489, em protesto por falta de segurança

  1. To aqui ate agora, falta de respeito com nos. Oque que temos com isso! Se ta tendo roubos em guarani com certeza nao sao de forà sao da i mesmo. Agora agente que tem compromisso estamos aqui esperando pela boa vontade dos moradores. Vcs tem todo direito de fazer manifestaçao mais ja passou da hora pora, desde da cinco da manha. Maira sua merda vem libera esse c88888.

  2. Ta certa se todos fizesse isto quarani,itamaraju estas regioes ai estava tudo boa,e uns lugares que os prefeitos ñ faz nada so quer saber de voto e ñ querem trabalhar,fico idignada por termos que sair do nosso estado da nossa cidade por falta de emprego,pq nem os prefeitos nem o governo trabalha.um absurdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *