Itamaraju: Preso assassino confesso em crime bárbaro na Várzea Alegre

O principal suspeito do crime brutal ocorrido no último domingo (22) no bairro Várzea Alegre foi preso na manhã desta quarta-feira (25), por Policiais Militares da 43ª CIPM que é atualmente comandada pelo Major Gilson Paixão.

O operação com inicio nas primeiras horas da manha desta quarta, foi conduzida pelo Tenente Sidney, que diante de denuncias anônimas direcionava a autoria do crime a um jovem morador do bairro Cristo Redentor.

Chegando ao imóvel citado em denuncia foi abordado o jovem Ismario Ferreira de Souza (23 anos), que teve sua residência revistada, sendo encontrado no local um revolver calibre 38, que o mesmo informou possuir para sua defesa, ainda era dono de um segundo revolver que estava dentro de um veículo Punto de cor vermelha com placa policial MSS-9608, licenciado em Serra-ES, o possivel veículo utilizado no homicidio, também foi presa uma motocicleta de placa policial BAP-0021, licenciada em Mandaguari-PR.

Diante das evidencia os policiais interrogaram ao jovem sobre o homicídio de Sergio Bruno Souza Costa, onde o mesmo veio confessar responsabilidade no crime. Em entrevista cedida por Ismario, informou sobre alguns detalhes no crime. Mas alegou que matou com receio de ser morto.

De acordo com Ismario, ele vinha sofrendo ameaças de Sergio Bruno, onde no última noite de sábado véspera do homicídio a vitima teria visitado a residência da namorada em busca do futuro homicida. Confessou ainda que diante do desejo de matar adentrou a residência cego pelo ódio cosumido pela vontade de matar.

Ismario disse ainda que os dois eram amigo, onde chegou a trabalhar juntos e dividir uma moradia em Belo Horizonte, mas que desavenças e desentendimentos, teriam motivado ao homicídio, informou também que não possui envolvimento com drogas e que o homicídio apenas teria sido alimentado por brigas pessoais, negou qualquer envolvimentos com outras tentativas ocorridas recentemente.

O jovem foi levado para o complexo policial, onde dera ser indiciado por homicídio.

Deixe seu comentário