ITAMARAJU | Frei chama atenção e tenta combater intolerância religiosa

O frei Vandeí Sant’Anna, pároco recém empossado na paróquia São Cosme e São Damião na Cidade de Itamaraju, utilizou os meios de comunicação para tornar público uma situação de intolerância religiosa ou de desrespeito em relação a datas comemorativas religiosas, presentes no calendário nacional e municipal.

O frei se reuniu com membros da Igreja, em comunhão com o padre Ronaldo (da paróquia de Fátima) para criar uma Comissão de Combate à Intolerância Religiosa. Contudo, decidiram levar a situação ao conhecimento dos itamarajuenses, para combater uma prática adotada por alguns grupos de forma velada e que inibem e impedem os fiéis de professarem sua fé, utilizando, inclusive, de medidas inconstitucionais.

O frei Vandeí Sant’Anna, afirma que irá lutar com todas as forças para que as tradições religiosas e culturais, sobretudo no que diz respeito ao dia 26 de Setembro (São Cosme e São Damião) feriado dos padroeiros da cidade, mas também em relação ao feriado de Corpus Christi, para que sejam respeitados com base no artigo 5º da Constituição Federal, que afirma e defende o direito inviolável a liberdade de consciência e crença, assegurando o livre exercício dos cultos religiosos e garantindo, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias.

Por sua vez, a gestão municipal deu a conhecer sua posição mediante publicação no Diário Oficial, sobre as datas e feriados municipais do exercício 2020.

Nas redes sociais o pároco frei Vandeí, que também é psicanalista e hipnoterapeuta, iniciou uma campanha convocando os fiéis a repudiar a atitude de alguns comerciantes, que impedem seus funcionários de praticarem e exercerem sua fé, nos feriados religiosos, comemorados pela Igreja Católica.

O fato é que nos últimos anos, casos de intolerância religiosa têm surgido, e pessoas têm sofrido por se manterem firmes em sua fé. No município o assunto deverá colocar comerciantes, fiéis e membros da Igreja no centro da polêmica.

“Os festejos dos padroeiros da cidade e município de Itamaraju é anualmente aguardado pela comunidade católica, que, inclusive, persiste por mais de cinco décadas (53 anos). Todavia, todos os fundos financeiros conquistados por ocasião do novenário são aplicados na paróquia e suas comunidades, a exemplo da construção de uma igrejinha no bairro São Bernardo e inaugurada em 2019. E para este ano, a comissão planeja investir os recursos na própria Igreja Matriz com o intuito de climatiza-la, destacou o frei Vandeí.

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!