ITAMARAJU | Greve de caminhoneiros chega ao 8º dia e ganha apoio da população

A greve dos caminhoneiros desacelerou a economia do Brasil. Marcando uma semana de mobilização nacional. Os protestos seguem em vários pontos do país, durante esta segunda (28), no município de Itamaraju, onde a rodovia BR-101 corta a cidade, a manifestação recebeu apoio de outras categorias. Houve uma carreata pelas ruas para marcar o movimento no município.

Profissionais do transporte coletivo, comerciantes e sindicalistas, estiveram reunidos nos pontos de bloqueio da rodovia.  Entre as medidas anunciadas neste domingo (27) por Temer estão a redução temporária de R$ 0,46 no preço do litro do diesel e a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. “Panelaços” foram ouvidos durante a fala do presidente.

No município de Itamaraju, a secretaria de Educação, notificou a comunidade que os reflexos da greve dos caminhoneiros, fez se necessário à suspensão do transporte escolar e funcionamento das unidades de ensino. Mas garantiu que os alunos não sofrerão prejuízos, pois deverão passar por atividades extraclasse e adequar substituições necessárias, com o objetivo de cumprir o calendário escolar municipal 2018. Assim como a instituição de ensino superior “FACISA”, que cancelou as aulas desta segunda.

O comércio também sofre os reflexos com redução do movimento e falta de produtos nas prateleiras. As farmácias com a falta de alguns medicamentos. Distribuidoras de gás e água com a falta de produtos. Atrasos em correspondências. Redução no transporte público e mudanças de horários para atender o efetivo.

Além dos postos de combustíveis que tiveram seus estoques esvaziados. A paralisação continua e ganha apoio da população que tem ido ao local levar doações de mantimentos para centenas de caminhoneiros que estão nas rodovias.

O pastor e membros da 1ª Igreja Presbiteriana de Itamaraju estiveram no último domingo (27), distribuindo almoço para os caminhoneiros, além de levar a palavra de Deus neste momento difícil de luta.

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!