ITAMARAJU | Manifestantes cobram que acusado de estupro fique preso

Moradores do bairro Marotinho iniciaram uma manifestação em frente à delegacia da polícia civil de Itamaraju, no final da tarde deste domingo (09). Após o acusado de cometer um estupro ser preso e não ser aceito pela 8ª COORPIN em Teixeira de Freitas.

O último ano uma decisão do governador Rui Costa, impediu que delegacia de várias cidades da Bahia. Prestasse serviços à população, criando um atendimento centralizado nas delegacias regionais.

Neste formato quando policiais efetuam prisão são obrigados a deslocarem até uma dessas delegacias regionais e apresentar os acusados, mas durante a prisão do [palhaço Jamison Brito dos Santos], o delegado plantonista em Teixeira de Freitas, optou em não receber o homem preso, alegando que a prisão estava fora do flagrante.

A guarnição da polícia militar da 43ª CIPM retornou até o município de Itamaraju e tentou efetuar a apresentação do acusado de estupro na delegacia da cidade. No entanto, o plantão na cidade somente funciona a partir das 20 horas dos sábado e domingo.

Ao descobrirem que o acusado estava em trânsito, correndo o risco de ser liberado, os moradores decidiram bloquear o acesso a delegacia e cobraram das autoridades uma medida para colocarem o homem preso, caso contrário se fosse solto poderia até promover linchamento.

A avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM), está com o fluxo sendo desviado, onde os manifestantes aguardam uma decisão das autoridades.

Matéria Relacionada

Palhaço acusado de estupro é preso

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!