ITAMARAJU | Mobilização da Greve Geral realiza ação no município

Sindicalistas, educadores, profissionais gerais e comércio aderiram ao movimento de [Greve geral], comum nesta sexta-feira (28), em muitas cidades do país a exemplo o município de Itamaraju. Movimentos sociais e centrais sindicais de diversas categorias realizam uma greve geral em protesto às reformas trabalhista e da previdência, propostas pelo presidente Michel Temer.

 

A empresa de ônibus local, informou que não colocou seus veículos para circular devido o impedimento do sindicato dos rodoviários. Dificultando a realidade de vários trabalhadores que ficaram sem opção para destinar aos locais de trabalho.

Convocados por sindicatos como APLB, CUT, dentre outros movimentos e órgão sindicais, um corrente humana foi formada para manifestar contra a reforma dá previdência que visa remover direitos para conter o avanço dos gastos públicos.

Em Itamaraju os manifestantes caminharam pelas principais avenidas alertando a comunidade sobre os riscos da reforma.

Em todo o trajeto a polícia militar acompanhou com o objetivo de manter a ordem. A guarda municipal de trânsito também esteve presente durante o ato social.

Ao final da mobilização o grupo social realizou discursos num palco localizado aos fundos da rodoviária municipal. Índios das tribos locais que estava em consonância com o ato chegaram a efetuar apresentações.

Na quarta-feira (26/04) à noite, depois de muitos protestos da oposição, o plenário da Câmara aprovou, por 296 votos a 177, o Projeto de Lei (PL) 6.787/16, que trata da reforma trabalhista. O projeto, que é um dos principais alvos da greve geral de hoje, altera mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).  

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!