Moto Facil

[Itamaraju] Segurança é suspeito de matar mulher asfixiada

Mesmo com leis severas para impedir a violência contra a mulher, ações e crimes vem ocorrendo com grande frequência e de formas ainda brutais.

Desta vez a vítima foi a jovem Fabricia Viana da Silva (27 anos), que foi morta brutalmente  asfixiada, numa residência localizada na Rua Santa Teresinha, no Bairro Várzea Alegre, em Itamaraju, no final da noite deste sábado (16).

itamaraju - in - morta - 2016-01-17-1

De acordo com a polícia o seu companheiro é o principal suspeito de ter prático a crime. Informações passadas para a polícia dão conta que  casal tentava reatar, após uma briga conjugal decidiram solicitar a residência de uma amiga para passarem o final de semana juntos.

Ao notar o local fechado populares decidiram arrombar o imóvel, onde foram surpreendidos com o corpo da vítima, tendo em volta do pescoço um pano utilizado para asfixiar a jovem.

Itamaraju - in morta com

As autoridades policiais foram notificadas sobre o crime e guarnições foram ao local para confirmar a veracidade dos fatos. O acusado identificado por Marcio Ribeiro Liberato, que presta serviço de segurança em eventos festivos não foi localizado.

Seguindo protocolos a polícia civil destinou para a localidade, onde investigador plantonista Sergio Leal, juntamente com o servidor público Anderson Barbosa, que procederam com o levantamento cadavérico e remoção do corpo para o IML.

itamaraju - in - morta - 2016-01-17-3

A polícia acredita que o acusado matou a jovem, após a mesma negar praticar atos sexuais com ele, já que o corpo da vítima foi encontrado parcialmente despido. Um inquérito e buscas deverão ser promovidas na tentativa de capturar o suspeito. A polícia ainda divulgou uma foto do acusado para ajudar na localização do mesmo.

Comentários

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *