ITAMARAJU | PM e PETO recuperam carreta roubada e prende 4 acusados

Equipes da Polícia Militar e Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) de Itamaraju conseguiram interceptar uma carreta roubada e um veículo suspeito de participar do crime, ocorrido no município de Eunápolis, no final da noite desta terça-feira (07).

A polícia Rodoviária Federal (PRF) notificou a central da 43ª CIPM, sobre uma carreta que transportava uma carga de café e havia sido tomada num assalto.

Prontamente guarnições iniciaram um bloqueio na rodovia BR-101, conseguindo efetuar a abordagem de uma carreta VOLVO FH 440 de branca com placa OCW-7762, licenciada no município de Linhares (ES), que era ocupada por André Luiz Moreira (39 anos) e Márcio Francês Alves da Silva, parte do painel da carreta estava destruída apontando a remoção do dispositivo de rastreamento, além de estar em poder de um revolver calibre 38 municiado.

A polícia interrogou os acusados sobre o paradeiro do condutor da carreta, mas não obtiveram êxito na localização.

Durante a abordagem da carreta, ocupantes de um Renault Fluence de cor branca com placa policial OWT-7029, licenciado em São Paulo, ocupado por Gildo Moura de Oliveira e Daniel Dias da Silva, furaram o bloqueio e disparos foram efetuados na tentativa de inibir a fuga, os suspeitos foram parados no perímetro urbano de Itamaraju, onde o veículo apresentava na placa identificação de licenciamento no município de Belo Horizonte (MG), modificando as características do veículo.

Com base nas abordagens os acusados e todo o material foram apresentados, nas primeiras horas desta quarta-feira (08), na delegacia da polícia civil de Itamaraju.

Os ocupantes do veículo de passeio que revelaram possuir passagens policiais, mas respondiam seus crimes em liberdade.

A PRF realizou buscas na tentativa de localizar o motorista da carreta, que conseguiu se soltar deixar o local onde foi abandonado. Ele pediu carona  na estrada e se dirigiu até um Posto de combustível de Itamaraju. E nas primeiras horas da manhã esteve na delegacia da Policia Civil para prestar depoimento. O motorista passa bem e não foi ferido durante a ação criminosa.

Os acusados deverão prestar depoimento à delegada titular, ficando a disposição da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *