ITAMARAJU | População ocupa Câmara contra aumento de salário de vereadores

Moradores do município de Itamaraju, região do extremo sul da Bahia, promoveram manifestações na Câmara Municipal de vereadores no período noturno desta terça-feira (25). Com registros de imagens, vaias, adereços de palhaços e até mesmo a utilização de uma urna funerária “caixão”, na tentativa de impedir o cumprimento da lei que garante aumento de salários superiores a 10 mil reais para os vereadores.

itamaraju-in-crime-2016-011-24-l

Projetos e indicações parlamentares deixaram de serem votados, devido à presença mínima de vereadores, não atender o regulamento da casa parlamentar.  Apenas foi notada a presença  do presidente Chico do Hotel e dos vereadores Rubens do hospital, Zé do Bolo, Antônio Portugal, Mazuk, Chico Jiló e Jânio, que rapidamente  atenderam a chamada e deixaram o plenário.

Em defesa dos direitos, manifestantes cobram atitudes, além da falta de respeito dos parlamentares em não cumprir a obrigação de frequentar o trabalho legislativo.

itamaraju-in-ddfgfd-2016-011-24-l

Mas o alvo principal dos manifestantes está ligado a uma sessão que garantiu o aumento parlamentar passando os salários de 8 mil reais, para R$ 10.128,00 reais, legalmente justificado, no entanto não atendendo aos anseios morais da comunidade que passa por dificuldades, na saúde, educação, segurança, habitação, geração de renda e vários outros problemas sociais.

Ao encerrar a sessão a mobilização destinou para a frente da Câmara legislativa municipal, ampliando os gritos e um cortejo carregando um caixão representando a situação da cidade, além da forma como os políticos são vistos pela comunidade.

Os manifestantes chegaram a posicionar em frente à residência do presidente da câmara que retornou casa a parlamentar e debateu por alguns minutos com vários integrantes da mobilização popular, que há dias vem solicitando através de meios digitais, rádios e por vários veículos de notícias um posicionamento dos edis.

itamaraju-in-ddfgfd-2016-011-24-l2

Vários cidadãos estimulados com a ideia garantiram que vão participar dos atos de fiscalização da máquina pública, que muitas vezes funcionando como uma fábrica de favorecimento de políticos.

A próxima sessão legislativa está marcada para ocorrer nesta terça-feira (01), véspera do feriado de finados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *