ITAMARAJU | Portaria proibindo uso de celular no HMI gera polêmica nas redes sociais

O grupo [Fiscaliza Itamaraju] venceu uma nova batalha. Desta vez uma discussão iniciada nas redes sociais, após um funcionário em horário de trabalho esta debatendo sobre a atual administração, terminou com uma medida não muito agradável para os funcionários do HMI (Hospital Municipal de Itamaraju).

Frente aos fatos, uma medida foi tomada pela direção do hospital municipal de Itamaraju. Uma portaria foi publicada nesta sexta-feira (10) e fixada na unidade hospitalar, impedindo a utilização de dispositivos eletrônicos como (Smartfones, tablet ou celulares com acesso a internet), a publicação tem o potencial de levantar muita polêmica. Mas na página do grupo “Fiscaliza Itamaraju” é possível visualizar parte do debate entre um dos profissionais de saúde municipal, suspeita de nepotismo.

No entanto, a atual gestão municipal que proíbe o ato é a mesma que tem o imenso hábito de estar amplamente conectados, a exemplo do perfil do próprio gestor que freqüentemente está publicando vários locais visitados e situações de trabalho no período da sua própria jornada profissional.

Outra coisa que vem chamando atenção é o principal ato publicitário dessa gestão, que seria imagens de uma cirurgia ortopédica que viralizou as redes sociais no município. Informações extra-oficiais apontam que a pessoa que recebeu o atendimento foi transferida para o município de Teixeira de Freitas, após contrair uma infecção na unidade hospitalar de Itamaraju, devido o estado de saúde ser delicado.

As duas situações demonstram que acompanhar muito redes sociais pode fomentar o “olhar de Zeca Pimenteiro”, ou seria realmente a falta de comprometimento de alguns profissionais, que apenas pensam no salário.    Será que os poderosos “chefões”, também estarão sujeitos as tais punições? 

Revoltados com parte do atendimento no Hospital a ação adotada foi aplaudida pela população, que é a mais prejudicada com a demora no atendimento.

Deixe seu comentário