Moto Facil

[Itamaraju] Vereadores discutem aumento de tarifa do transporte mototaxista

A sessão plenária desta terça-feira (05), foi bastante agitada com a participação de membros da AMI (Associação de Mototaxistas de Itamaraju) que cobra dos vereadores agilidade nas discussões e aprovação do projeto de lei que concede o aumento a tarifa de transporte mototaxista do município.

Itamaraju - in -sessao

Se aprovada, a tarifa única de R$ 4,00 reais passa a custar R$ 5,00 reais e com acréscimo de R$ 1,00 para um trajeto considerado longo. E para o período noturno que compete das 22:00hs ás 06:00hs (tarifa única R$ 6,00 reais).

O presidente da Casa Francisco Barbosa iniciou os trabalhos do dia informando sobre a convocação feita pela Mesa Diretora ao gerente da Embasa a ocupar a Tribuna nesta terça-feira para prestar esclarecimentos à população sobre os serviços prestados pela empresa. Foi encaminhado um oficio a casa avisando sobre a impossibilidade, e que se disponibilizará em outra data a ocupar a Tribuna para prestar os devidos esclarecimentos.

Itamaraju - in -sessao1

Logo após os vereadores presentes debateram sobre a questão do aumento da tarifa do transporte mototaxista que causou grande insatisfação por parte dos edis, de modo que o horário noturno das 22:00hs que passa a custar R$ 6,00 reias prejudicará  aos jovens estudantes que saem das escolas após esse horário. Haja vista que são essas pessoas que dependem dos serviços do transporte público no município.

Em seu pronunciamento o vereador Valzão defendeu seu ponto de vista em favor dos estudantes pedindo a classe mototaxista que tenham bom senso e modifique o horário noturno para ás 23:00hs.

Itamaraju - in -sessao4

Para os demais vereadores, o momento é crítico com relação a esse aumento e tem que haver uma explicação detalhada sobre o acréscimo de R$ 1,00 (um real), em trajetos longos. O projeto que seria colocado em pauta para votação foi encaminhado para as comissões que avaliam suas modificações para a aprovação na próxima sessão no dia (12).

Durante a sessão, ainda foram aprovados alguns pedidos de providencia e um requerimento verbal do vereador Leo Lopes, que solicita do Departamento habitacional do município, explicações sobre um projeto social no Conjunto Habitacional Italage que corresponde à prática de aulas, de danças, músicas etc, e os profissionais da área estão com os proventos atrasados desde o final do ano passado.

O Projeto Federal que tinha por objetivo melhorar a qualidade de vida dos jovens da localidade tem gerado transtorno para a comunidade que tem sensibilizado com o momento difícil que os profissionais estão vivendo.

Itamaraju - in -sessao3

Encerrando a sessão, o presidente Chico, agradeceu a população pela importante participação, se comprometendo com a classe mototaxista a continuar acompanhando a tramitação do projeto na casa para que além do aumento da tarifa o município possa ter um serviço público de transporte mototaxista digno para toda a população.

Comentários no Facebook