Jefferson Cirilo abre debate sobre renovação geracional

Candidato a presidente do PT, Jefferson Cirilo abre debate sobre renovação geracional e política no partido
A Avante, tendência do partido dos trabalhadores com víeis mais à esquerda, aposta na candidatura de Jefferson Cirilo para presidente do diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Itamaraju. A Eleição acontece em 08 de setembro e outros dois candidatos (Leandro do MST e Liché Caires) estão na disputa.

Jovem negro da periferia do bairro de Fátima, Jefferson milita no PT desde a adolescência. Filiou-se em 2006 e sempre participou ativamente da militância partidária. Sua campanha defende uma renovação geracional e política do Partido dos Trabalhadores.

Para o candidato, o partido perdeu a conexão com a base, deixou de fazer formação política dos seus filiados e parou de dialogar com a sociedade, por isso diminuiu de tamanho nos últimos anos. “Não estamos mais presentes, enquanto partido, nos sindicatos, associações de bairros, movimentos estudantis, conselhos municipais e demais instituições sociais. O PT se distanciou das suas bases e precisa urgentemente retornar às suas origens. É este o debate que nossa candidatura pretendente levantar nesse PED (Processo de Eleições Diretas)”, afirmou.

Sua candidatura conta com apoio de importantes lideranças locais, estaduais e nacionais, como o deputado estadual Marcelino Galo, o deputado federal Jorge Solla, e do ex-deputado federal Amauri Teixeira. Em Itamaraju a sua chapa, que tem por nome “Pra Falar de Futuro”, agregou nomes importantes como o de Marcos Portela, Ismael Oliveira, Fabrício Santos, Overlânio Nunes, Daniel Borges, dentre outros.

No cenário estadual, a campanha de Jefferson Cirilo defende o nome de Elen Coutinho para presidente do PT da Bahia, uma jovem negra de 29 anos, do subúrbio ferroviário de Salvador, economista formada pela UFBA através do sistema de cotas raciais, que atualmente faz parte da executiva estadual do PT da Bahia e do Diretório Nacional do Partido. “Elen é uma mulher aguerrida de firmes posições e com o caráter necessário para devolver ao PT os valores democráticos que se perderam ao logo dos anos.”, comentou.

Apesar da renovação ser o principal mote de sua campanha, Cirilo lembra que sua candidatura não nega a experiência dos mais velhos. “É importante destacar que a renovação que defendemos não nega a experiência dos mais velhos, dos fundadores e valorosos militantes históricos desse partido, como Ranieri Botelho, Ernanes Souza, Jota Neto, Antônio Portugal, Valzão, Dalvadíso Lima, Frei Dilson, Valmir Assunção, e vários outros que à sua época fizeram sua tarefa de organização partidária, mas que agora precisam abrir espaço para que uma nova geração de dirigentes possa surgir disposta a repaginar sua história. Esse é o motivo de nossa chapa tem por nome “Pra Falar de Futuro”.

Convidado a compor as chapas concorrentes, Jefferson e o grupo que o acompanha preferiram construir uma chapa alternativa para abrir um debate interno que, para eles, as demais candidaturas não estariam dispostas a fazer. “Estou candidato a presidente do PT por compreender que apenas a disputa é capaz de reabrir o debate, reorganizar a militância, mobilizar a base e promover a renovação. Por um partido mais forte e mais democrático peço seu voto e apoio para presidir o PT de Itamaraju com o intuito e semear a esperança de um futuro mais promissor.

Por | Ascom

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!