Homem acusado de matar o irmão é preso pela Polícia Civil de Itamaraju

Na manhã dessa terça-feira (07), o Chefe de Investigação do S.I Felipe Mendes e sua equipe realizaram uma diligência sob determinação do Delegado Drº Gean Carlos do Nascimento, até o bairro Cristo Redentor a fim de deter Edson Oliveira, de 35 anos de idade, acusado de matar o próprio irmão.

Obtendo êxito na diligência, Edson, popularmente conhecido por Neguinho, foi encontrado no final da Rua Itagi, no Bairro Cristo Redentor, mesma rua onde moravam.

De acordo com o Chefe do SI Felipe Mendes, Edson não resistiu à prisão e entrou na viatura, para sua condução a DEPOL.

Na DEPOL, Edson, explicou a sua versão do caso, e disse que não teve intenção de matar, apenas se defendeu de alguns golpes que teria sofrido pelo seu irmão Pepeta.

E disse “Pepeta estava agredindo uma mulher, eu entrei para separá-los e evitar uma tragédia, eu pedi a Pepeta para ir pra casa, em seguida ele me atingiu com um soco no rosto, e depois aceitou uma barra de ferro no meu ombro, revoltado por que estava apanhando, fui a minha casa peguei o cabo do machado e atingir ele, sem saber onde teria acertado. Eu achei que tinha acertado o braço, não tive intenção de matá-lo”.

Edson ainda concluiu que está arrependido, pois por que jamais pensaria em tirar a vida de alguém, e principalmente de um irmão.

O Delegado Drº Gean Carlos do Nascimento, falou sobre o caso e disse que de acordo com os pronunciamentos das testemunhas, a vítima estava embriagada jogando pedra nos envolvidos, totalmente descontrolado.  Disse também que após sua apresentação ele será liberado, pois sua prisão não foi em flagrante.

Deixe seu comentário