Major Gilson Paixão lança a Ronda Rural a fim de aumentar a segurança nos distritos de Itamaraju

Na noite de quarta-feira (25), a fim de atender a uma antiga demanda comunidades que ficam na zona rural de Itamaraju, a 43ª Companhia Independente de Polícia Militar colocou em prática um projeto da unidade que prevê a realização de rondas preventivas com policiais militares a bordo de uma viatura realizando visitas pelos distritos da cidade de Itamaraju e que o Major Gilson Paixão, Comandante, convencionou chamar de “Ronda Rural”.

Os primeiros a receberem a visita da Ronda Rural foram os distritos de Nova Alegria e Campo Alegre, onde os policiais além das rondas preventivas, com o giroflex da viatura ligado, realizaram abordagens e mantiveram contato com moradores dessas localidades, bem como permaneceram boa parte da noite em pontos estratégicos que permitiram uma maior visibilidade, aumentando a sensação de segurança das pessoas.

De acordo com o major Gilson Paixão, esse é um trabalho que pretende levar de forma contínua a segurança pública até essas pessoas que vivem afastadas da sede do município e que vem cobrando, há um bom tempo, a presença de policiais, principalmente naqueles distritos em que não há previsão de policiamento. E, como a 43ª CIPM tem uma área de responsabilidade territorial que abrange três cidades, a saber,  Itamaraju, Prado e Jucuçu, cada uma dessas com vários distritos, nem sempre é possível atender à demanda de cada lugar, com o efetivo que a unidade dispõe.

 “Como esse tem sido um pleito antigo dos moradores dos distritos, tão merecedores dos serviços da segurança pública o quanto a população que vive na sede do município, estou tendo a oportunidade, através da Ronda Rural, de minorar o sofrimento dessas pessoas aumentando a sensação de segurança delas com a presença dos nossos policiais. Assim, a unidade estará sempre disponibilizando uma guarnição extra para efetuar essas rondas pelos distritos. Neste primeiro momento, realizando levantamentos dos principais problemas relacionados à criminalidade enfrentados por cada comunidade em particular e, posteriormente, estaremos programando operações no sentido de reprimir algumas práticas que já vem sendo identificadas, a exemplo de veículos irregulares circulando em muitos desses distritos”, concluiu o Comandante.

Por | ASCOM

Deixe seu comentário