MEDEIROS NETO | Tomou a pistola do policial durante abordagem e acabou baleado

Um homem identificado como, Breno Gonçalves dos Santos, de 20 anos, acabou baleado nas primeiras horas desta segunda-feira, 17 de outubro, no bairro Aparecida em Medeiros Neto durante uma abordagem policial em uma casa onde acontecia uma festa.

fd51ed28-cfc4-4dc4-92e8-f7987513e100

A denúncia era de que além de promover a perturbação ao sossego, a festa era regada a bebidas e outras drogas. Quando os policiais tentavam revistar os frequentadores do imóvel, muitos deles com históricos de crimes, Breno visivelmente sob efeito de drogas, atacou um dos militares.

Durante uma luta corporal, o coldre do colete caiu, momento em que Breno se apossou da pistola e tentou uma revida contra o policial.

Para evitar que seu companheiro fosse alvejado com a própria arma, o comandante da guarnição atirou contra Breno, que mesmo ferido continuo resistindo. Depois de desobedecer os gritos de advertência e pedidos para que soltasse a pistola, o policial foi obrigado a efetuar pelo menos mais três disparos para evitar uma tragédia maior.

Breno foi atingido em pontos abaixo do abdômen e só então soltou a pistola. Ele foi socorrido ao hospital municipal e transferido para a cidade de Teixeira de Freitas.

O suspeito saiu recentemente da cadeia pública de Medeiros Neto, onde ficou seis meses preso por força de mandado de prisão preventiva, acusado de atear fogo num veículo em abril deste ano no centro da cidade. Além de passagens por roubo e tráfico de drogas.

Casos parecidos que terminaram com policiais mortos

5c83269d-48aa-4fba-a801-45fb2144ebab
Em julho deste não, um policial militar morreu e outro ficou ferido ao atenderem uma ocorrência de som alto na noite em Itacaiu, distrito de Britânia, no oeste de Goiás. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve troca de tiros com os participantes da festa. Um homem morreu e outros dois também ficaram feridos na briga. Um vídeo gravado por um popular mostra o momento em que um dos frequentadores da festa pega a pistola do coldre do militar e atira contra ele.

Pouco mais de um mês depois, em 15 de agosto, um vídeo, que viralizou nas redes sociais, mostra o momento exato em que o cabo da Polícia Militar Alexandro Aparecido dos Santos, de 36 anos, foi baleado e morto durante uma abordagem policial, no bairro Novo Horizonte, em Rio Branco.

Por | Sulbahianews
fotos Medeirosdiadia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *