Itamaraju: Motociclista gravemente ferido em acidente portava arma de fogo

Um acidente na noite desta quarta-feira (28), deixou um motociclista gravemente ferido no centro da cidade  baixa de Itamaraju. O acidente aconteceu por volta das 20:30hs, na Rua Ângelo Polon, próximo da antiga oficina 2 Irmãos.

Informações de populares dão conta que o motociclista de placa policial JOA- 2276, licenciada em Ipiaú-BA, que era conduzida por Adilson de Jesus Cruz (33 anos), descia em sentido ao bairro Várzea Alegre, quando perdeu o controle da motocicleta, pois  desenvolvia grande velocidade.

Onde ao passar por um (quebra-molas) construído com a intenção de diminuir o índice de acidente, pois vários condutores não respeitam a velocidade e colocam em risco a vida dos moradores daquela localidade.

Devido a alta  velocidade Adilson perdeu o controle sendo impulsionado a uma distância de mais de 20 metros do quebra-molas. Onde teve lesões nos membros superiores.

Como estava utilizando um dos itens de segurança necessários na condução de motocicletas (o capacete), o mesmo não teve lesões diretas no crânio, mas era percebido que na parte da face expelia muito sangue, onde aparentava inconsciência durante todo o socorro recebido.

Uma unidade do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, após o contato de populares através do telefone 192. Onde efetuaram os primeiros socorros, retirando a vítima do local e encaminhado para o HMI, para efetuar exames mais detalhados.

No local também esteve presente uma Guarnição da Policia Militar, que recolheu o veículo da via.

Ao ser atendido no HMI (Hospital Municipal de Itamaraju), para a surpresa dos plantonista foi notado que Adilson portava algo em sua cintura, ao verificar o que seria, encontraram um revolver que estava municiado.

De imediato foi informado a Central de comando da 43ª CIPM, que encaminhou uma guarnição ao HMI, para identificar a vítima de acidente e verificar sobre seu histórico.

Adilson permanece internado sobe custodia de policiais militares. A policia investiga  o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *