Mucuri, balneário volta a ter o melhor carnaval do interior da Bahia

Com uma programação vasta e bem diversificada, o carnaval 2018 de Mucuri superou até mesmo as expectativas dos mais otimistas dos organizadores, com atrações nacionais durante todos os dias, o retorno do circuito dos blocos com dois trios na avenida e a novidade da “orla elétrica”, quem esteve no balneário neste carnaval pode presenciar o retorno em grande estilo da cidade no topo dos carnavais do interior do estado. Foram cerca de 350 mil foliões ao longo dos 5 dias de folia, uma média de 60 mil foliões por dia de festa e o maior movimento da economia local no período de carnaval em todos os tempos.

O prefeito, Carlos Simões, que buscava recolocar Mucuri no topo da lista de programação de verão do interior do estado e devolver a cidade a importância de ser o principal destino do folião no período carnavalesco, traçou com sua equipe metas arrojadas e com uma organização planejada como uma grande engrenagem, conseguiu, o carnaval 2018 reinou absoluto na preferência de quem buscava por diversão e alegria. “Esse é o nosso evento de consagração, muitos diziam que não sabíamos fazer, fizemos no nosso primeiro ano de gestão, diziam que éramos limitados, e mais uma vez nós provamos que estamos no rumo certo” disse Carlos Simões.

O grande acerto do carnaval de Mucuri foi o resgate da folia durante todo o dia, ação realizada com a “orla elétrica”, onde numa parceria com o governo do estado da Bahia, atrações nacionais animaram os nativos e turistas desde as primeiras horas do dia o que culminou na necessidade de ampliar as participações dos blocos de carnaval na avenida, esse ano marcou o retorno do circuito duplo, com dois blocos por dia, concentrando folia em toda a extensão da cidade. A programação oficial contou com Ricardinho da Bahia, Léo Magalhães, Parangolé, Maiara & Maraísa e Tribo de Jah no placo principal na área de eventos, e com o apoio do governo do estado da Bahia, através da Bahiatursa a “Orla Elétrica” e o Arrastão da Alegria, com Filhos de Jorge, Ricardinho da Bahia e Gang do Samba.

“ olha, quem vê a festa do ponto de vista de espectador não faz idéia do que foi esse carnaval, o prefeito Carlos Simões está de parabéns pela autonomia nos dada para tocar o projeto, a secretária de administração, Cleudi Marques, também foi muito importante nesse processo, trazer de vota um carnaval com 20 horas de evento por dia não foi fácil, mas com todas as dificuldades nós conseguimos, vale lembrar que nós temos operando a locomotiva da produção um dos maiores promoter de eventos da Bahia ( a Tigrão Produções foi a empresa responsável pelo carnaval 2018), isso facilita muito, no mais é dizer 2019 será melhor, acredite” disse o secretário de turismo de Mucuri, Paulo Góes.

“Serão dias lembrando de um carnaval inesquecível” lamenta a brasiliense Fernanda Prates, o lamento, segundo ela é porque poderia ser mais, “é a minha primeira vez aqui, vim a convite de uma amiga e estou encantada, se vou voltar? Por mim já ficava aqui pro ano que vem” brinca a estudante de economia. E assim foram os cinco dias de folia que se encerrou numa apoteótica quarta-feira de cinzas com um arrastão pelas ruas da cidade, no chamado “bloco do povo” carinhosamente apelidado o bloco que trazia consigo os artistas dos bastidores dessa imensa festa popular, estavam ali os garis, os seguranças, os secretários de governo, fiscais da prefeitura, enfim todos aqueles que fizeram do carnaval Mucuri 2018 a maior da história. “

Por | Ascom