Olympikus anuncia projeto para apoiar profissionais do esporte

Desde o início da pandemia do COVID-19 no Brasil, a Vulcabras Azaleia, uma das maiores calçadistas do país e detentora das marcas Azaleia, Dijean, Olympikus, Under Armour e Botas Vulcabras, foi uma das primeiras a tomar a decisão de deixar seus 14 mil colaboradores em casa, em segurança e seguindo as recomendações das autoridades de saúde e regulamentações de esferas municipais e estaduais.

A empresa tem quase 70 anos de história e a seriedade e respeito com que se relaciona com seus colaboradores são parte do motivo que a faz ser uma companhia tão sólida. Por isso, diante desse novo cenário, rapidamente formou um comitê para planejar, na velocidade que a crise exige, uma retomada consciente e responsável.

E foi pensando em como minimizar os impactos desse período de diversas formas para todos, que a companhia anuncia mais uma medida, dessa vez encabeçada pela Olympikus – o projeto Corre Junto Brasil. Uma plataforma digital que incentiva e apoia o profissional autônomo do esporte e ao mesmo tempo colabora com a indústria, na qual Vulcabras está inserida. 

“Olympikus, em respeito a sólida e duradoura relação com o esporte  do país resolveu criar o projeto “Corre Junto Brasil”, uma maneira de apoiar essa comunidade que, assim como a marca brasileira de 45 anos, tem paixão pelo esporte. Somado à iniciativa da companhia de retomar gradualmente suas atividades, o projeto “Corre Junto Brasil” tem a genuína intenção de movimentar a economia, ajudando a comunidade de profissionais do esporte, e de, ainda, incentivar a venda de produtos nacionais. Quem compra Olympikus, marca feita por brasileiros e para brasileiros, move as engrenagens da economia e contribui para a preservação dos empregos e da renda, que serão muito importantes no período pós pandemia.”, conta Pedro Bartelle, CEO da Vulcabras Azaleia.

Diante desse novo momento, a Vulcabras decidiu abrir mão de parte dos seus lucros para que seus estoques continuem sendo absorvidos pelo mercado mesmo quando a economia se torna mais adversa. Em paralelo, a empresa ainda dá as mãos para outros brasileiros que precisam continuar compondo suas rendas.

“A crise do coronavírus é grave, com impactos em diversos setores, e vem sendo enfrentada no mundo todo. Por isso, nos preparamos para uma retomada planejada e segura. Sabemos que enfrentaremos um primeiro semestre diferente do planejado, e temos consciência que é preciso criar uma rede em que todos se apoiem para conseguirmos fazer essa roda girar, para que toda a cadeia se mantenha ativa nesse momento. Não é à toa que a Vulcabras leva o Brasil em nosso nome, e esse é só o começo de um Movimento que queremos conduzir, para valorizar e apoiar os produtos feitos no Brasil e para brasileiros, além da comunidade esportiva”, afirma o Bartelle.

DINÂMICA DO CORRE JUNTO BRASIL

A plataforma lançada nesta quinta-feira (7) permite a qualquer profissional, do segmento esportivo ou não, obter qualificação profissional – por meio de cursos com especialistas – e renda extra com a venda de produtos Olympikus pelo site www.olympikus.com.br.

Como funciona o Corre Junto Brasil: qualquer pessoa pode fazer parte do projeto e se tornar um empreendedor digital. Basta se cadastrar com o CPF ou CNPJ, gratuitamente, no site www.correjuntobrasil.com.br. Realizada a inscrição, um link e um cupom de desconto são gerados para o profissional divulgá-los para sua rede de contatos. A compra – de qualquer produto Olympikus – deverá ser feita através do link, que irá garantir 10% de comissão para o afiliado.

No primeiro mês, o consumidor que comprar de um empreendedor também se beneficiará com um cupom de 20% de desconto. Para validá-lo, é preciso inserir o código promocional ao finalizar a compra pelo link oferecido pelo afiliado.

Capacitação e gestão completa de vendas: além de ser uma ferramenta de venda, o Corre Junto Brasil oferecerá capacitação gratuita dentro da própria plataforma. Chamada de Clube Corre Junto, o afiliado poderá aprender estratégias de venda, como divulgar seu trabalho e muitas outras dicas para conseguir engajar seus clientes.

Na página do Corre Junto Brasil o afiliado também terá um sistema de controle completo para acompanhar as vendas, o valor das comissões, status das transações, além de novas oportunidades de divulgação. Entre os dias 10 e 20 de cada mês, o usuário poderá fazer a emissão das notas fiscais dos valores auditados na plataforma; e até o dia 5 do mês seguinte receberá os valores em sua conta, dependendo de quando a nota for emitida e se não houver nenhum tipo de problema na emissão.

Com a iniciativa a Vulcabras espera acelerar as vendas no digital. A empresa tem expectativa de 10 mil inscritos somente no primeiro mês de projeto.

 CUIDADOS DURANTE RETOMADA

 Na última semana, a Vulcabras Azaleia anunciou o retorno de suas atividades de forma gradual e responsável para que possa contribuir na retomada da economia do país. Nessa retomada, em prol das necessidades do negócio, da segurança das pessoas e da manutenção dos postos de trabalho, a empresa adotou o Programa do Governo Federal de redução de jornada de trabalho e salários, conforme prevê a medida Provisória.

 As horas trabalhadas serão pagas pela empresa e as horas reduzidas serão compensadas pelo Governo Federal, conforme cálculo desenvolvido por este. As atividades estiveram assim distribuídas: a redução para os escritórios foi de 25% e para os setores fabris de 70%. Essa medida ajudará a Vulcabras a manter os mais de 14 mil postos de trabalho oferecidos pela empresa.

Além da jornada de trabalho reduzida e em formato de rodízio, que nos ajuda a cumprir o distanciamento social indicado pela OMS, os colaboradores fazem uso de máscaras, têm álcool gel à disposição em nas unidades, e a empresa recebeu um reforço da higienização dos transportes e ambientes internos. Além disso, a companhia segue fazendo a medição de temperatura das pessoas e oferece instruções constantes sobre as medidas de prevenção através de seus canais internos.

A preocupação com a preservação da saúde dos colaboradores estende-se, também, às comunidades do entorno de fábrica. Vulcabras produziu e destinou mais de 430 mil máscaras de TNT, 6.000 acrílica e 5.500 pares de sapato de segurança para uso profissional em hospitais e UPAs de treze cidades dos estados do Ceará, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Sul. A companhia tomou a decisão de calçar e equipar técnica e adequadamente os profissionais da saúde (enfermeiros, auxiliares, agentes de limpeza e médicos) das comunidades de entorno de suas fábricas no Nordeste e no Sul do país porque acredita que, se todos fizerem sua parte no que está ao seu alcance, próximo ao seu grupo e sua comunidade, o país sairá mais rápido dessa situação emergencial e mais fortalecidos.

“A Vulcabras Azaleia passou por momentos adversos em sua história, as quais superou e trouxe crescimento e experiência, sabendo que toda crise tem seu fim. Dessa vez, não será diferente. A companhia sabe da seriedade do momento, mas reitera seu otimismo e compromisso com seus colaboradores, comunidades, fornecedores, parceiros, clientes e com o Brasil”, finaliza Bartelle.

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!