Operação desmonta esquema que causou rombo de R$ 11 milhões na Previdência no Sul da Bahia

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (21), a operação “Ventura” que apura fraudes nos benefícios previdenciários de diversas espécies, que estão estimados em R$ 11.441.301,20. Os agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão nas cidades de Mascote e Itabuna, no sul da Bahia.

De acordo com a PF, as investigações foram iniciadas em meados de 2017 e permitiram constatar que funcionários da Prefeitura Municipal de Mascote inseriam vínculos empregatícios falsos, por meio de Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social (GFIP), no intuito de criar tempo de serviço fictício e, com isso, obter benefícios previdenciários.

A operação foi denominada Ventura, em uma alusão ao principal investigado, servidor da Prefeitura Municipal de Mascote, que se favorecia do cargo para inserir os vínculos empregatícios fictícios de terceiros com a referida Prefeitura, visando a obtenção irregular dos benefícios.

Os investigados responderão pela prática dos crimes de estelionato qualificado e inserção de dados falsos em sistema de informações.

Fonte | Bahiadiaadia