Moto Facil

ITAMARAJU | Oriente leva a melhor nos pênaltis e conquista Copa Construtora Lima

Com a presença marcante do público, foi encerrada neste domingo (05) no estádio Juarez Barbosa (Barbosão), em Itamaraju,  a 1ª Copa Construtora Lima de Futebol Feminino. A taça principal ficou com as meninas do Oriente, que representaram o município de Teixeira de Freitas.

Considerado um dos melhores times de futebol feminino do extremo sul, cedendo, inclusive, atletas de sua base para equipes profissionais, o Oriente ergueu o troféu de campeão, derrotando o Piraji por 5×3 nos pênaltis. No tempo regulamentar as duas agremiações empataram por 1×1.

Além do título, o time teixeirense foi premiado com o troféu dedicado à artilheira da competição, arrebatado pela goleadora Lucineide, autora de quatro gols em todo o evento. Com o mesmo número de tentos, a “cavernosa” Mainara, do vice-campeão Piraji, foi contemplada com o título de Melhor Jogadora do torneio.

Para chegar à decisão da Copa, os dois clubes venceram todos os seus confrontos anteriores disputados no Barbosão.

Pelas quartas-de-final, o Piragi derrotou a Aldeia Pé do Monte por 3×1, enquanto que o Oriente massacrou o Corte Grande – 6×1. No terceiro jogo, o  Topa Tudo venceu a Rádio Extremo Sul por 1×0, mas o time das “radialistas” também se classificou para a fase seguinte, na condição de “biônico”.

Nas semifinais, o Oriente suou a camisa para poder passar pela Rádio Extremo Sul, com o “magro” placar de 1×0, mas o Piragi conseguiu ampliar esse escore na disputa com o Topa Tudo – 2×0.

E na tão esperada decisão, num duelo “arrepiante”, os dois finalistas terminaram a partida empatados por 1×1. A equipe de Teixeira de Freitas saiu na frente, mas o representante do interior do município de Itamaraju correu atrás do prejuízo e conseguiu se igualar ao placar.

Entretanto, na cobrança alternada de pênaltis, as meninas de Piraji erraram a pontaria e desperdiçaram dois chutes. Por sua vez, as teixeirenses converteram todas as cobranças, vencendo a disputa por 5×3 – 6×4 no placar agregado.

As duas equipes comemoraram a final do torneio em clima de muita emoção, em meio à euforia dos torcedores, que prestigiaram todos os jogos, desde a abertura, no estádio da Baixada, no bairro Primavera.

Na briga pelo terceiro lugar, o troféu foi entregue ao time da Rádio Extremo Sul, que venceu o Topa Tudo por W-O.

No Barbosão, a torcida recebeu o “reforço” do prefeito Marcelo Angênica, do vice-prefeito Téa Produções, da primeira-dama e secretária municipal Desenvolvimento Social Fabiana Angênica, além dos vereadores Rose da Saúde e Isaque Super Gil, sendo este participante da comissão organizadora da Copa junto aos radialistas Antonio Reis e Darli Correia.

Fonte | Rádio Extremo Sul

Comentários

Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *