Policia Militar de Itamaraju adere greve

A Policia Militar de Itamaraju aderiu o  movimento que reivindica direitos ao governo.
No final da noite desta quinta-feira (02) esteve no Batalhão da Policia Militar de Itamaraju, o  representante do Aspra-Bahia (Associação de Praças e Bombeiros da Bahia) que expos a situação ao comandante da 43ª CIPM o Major Gilson Paixão. Onde ficou decidido que a unidade policial de Itamaraju, também fará parate do Movimento de Reivindicação de seus Direitos, assim foi sugerido pelo representante.

Entre as reivindicações dos policiais estão o pagamento da Gratificação de Atividade Policial (GAP 5), a elaboração de plano de carreira, melhorias nas condições de trabalho e remuneração por insalubridade e periculosidade e pagamento da URV.

Cidades como Porto Seguro, Eunápolis, Teixeira de Freitas e muitas outras também aderiram diversas ao movimento grevista.

Em nota o deputado Capitão Tadeu emitiu um informativo, apoiando o Movimento:
GABINETE DO DEPUTADO ESTADUAL CAPITÃO TADEU FERNANDES
Salvador-BA, 1º/02/2012 – 14h15

NOTA À IMPRENSA

Há tempos venho alertando o governo para a insatisfação dos policiais.
Infelizmente, o governo tem demonstrado que não se interessa pela classe policial. Seus atos provam isso.
Hoje, diante desse clima de extrema insatisfação, querem culpar os policiais, mas na verdade o governo é o único culpado, porque discrimina e menospreza os profissionais de Segurança Pública.
Se o governo não respeita os direitos dos policiais, que moral ele tem para cobrar os deveres?!
Por tudo isso, quero afirmar que as reivindicações dos policiais são justas e necessárias e que o governo dê atenção a esses profissionais que arriscam suas vidas em defesa da sociedade.
A propósito, se o governo tivesse me ouvido quando diuturnamente aqui na Assembleia Legislativa luto para melhorar as condições salariais e de trabalho dos policiais, o governo não estaria passando por essa situação às vésperas do carnaval.
De minha parte, apoio todo esse movimento reivindicatório, por achar justo. Ou alguém acha aceitável aguardar quase 15 anos pelo pagamento da GAP V (Lei nº 7.145 / agosto de 1997)?
Aqui na ASSEMBLEIA LEGISLATIVA estou, como sempre estive, à disposição da nossa querida Polícia Militar.
Atenciosamente,

Capitão Tadeu Fernandes
Deputado Estadual – PSB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *