PRADO | Acusado de crime bárbaro em Cumuruxatiba é preso pela Polícia Civil

O acusado de assassinar cruelmente um homem a facadas em Japara Mirim, Distrito de Cumuruxatiba, foi preso nesta segunda-feira, 10 de abril, pela Polícia Civil do Prado, liderada pelo delegado titular, Kleber Gonçalves. A vítima foi identificada como sendo, João Batista Santos Pereira, 30 anos de idade, que foi encontrado nesta manhã de segunda-feira (10), em uma estrada vicinal próximo ao distrito de Cumuruxatiba, com diversas perfurações no tórax e pescoço.


Segundo o delegado Kleber Gonçalves, que realizou o levantamento cadavérico, foi possível contar no corpo da vítima, pelo menos 48 perfurações provocadas por arma branca, possivelmente, faca do tipo peixeira. Em diligência após o levantamento cadavérico, a Polícia Civil descobriu um desafeto da vítima, conhecido como “Gel”, e se dirigiu até o sítio da genitora do suspeito, onde o mesmo tentou empreender fuga. O Magno “Gel”, foi capturado e conduzido para oitiva.

A genitora e um tio do “Gel”, também foram conduzidos como testemunhas. Algumas contradições entre a genitora, o tio e o suspeito fez com que as suspeitas sobre o “Gel” aumentassem. Na Delegacia do Prado, foi verificada a existência de manchas, aparentemente, de sangue na calça do suspeito. Foi realizado um exame rápido e detectou-se ser realmente sangue, sendo então indício forte, o qual autorizou a autoridade policial a lavrar o auto de prisão em flagrante.

O acusado foi identificado como sendo Magno Moreira Ferreira, vulgo “Gel”. Segundo a polícia, a motivação do crime bárbaro teria sido desavenças pessoais por intrigas. O acusado foi recolhido à carceragem da DEPOL do Prado, onde se encontra à disposição da Justiça.

Por | Liberdadenews

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!