PRADO | Avô confessa ter estuprado e matado, menor de 11 anos

 

Um indivíduo confessou as autoridades policiais ter estuprado e assassinado brutalmente a Layla Nascimento dos Santos (11 anos), durante a manhã desta sexta-feira (06).

Relatos da polícia revelam que a menor foi asfixiada pelo acusado José Raimundo Santos (53 anos), que teria praticado abusos sexuais contra a vítima e por receio de ser identificado optou em matar.

O acusado chegou a tentar registrar uma queixa na unidade policial de Itamaraju, alegando desconhecer o paradeiro da menor.

Mas após imenso interrogatório confessou detalhes do crime, chegando a informar que havia tirado a virgindade da vítima. O acusado era casado com a avó da menor.

O indivíduo informou a localização onde jogou o corpo da vítima, numa área de mata fechada próximo do assentamento Terra Nova, pertencente ao município de Prado.

O corpo foi removido e o acusado preso, sendo encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju. Os familiares estavam inconsoláveis com a situação. 

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!

Itamaraju Notícias
Enviar para o WhatsApp