Presos filmam rivais decapitados em presídio e comemoram

“Tem que ajeitar o foco”, diz um preso a um companheiro que acabara de ligar a câmera do celular em meio a um grupo de detentos rebelados. Depois das primeiras palavras o que se segue é um documento explícito do horror praticado no complexo de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, onde 62 presos foram mortos desde o ano passado. São 55 segundos em que os próprios amotinados filmam em detalhes três rivais decapitados. E se divertem exibindo os corpos – ou que restam deles.

http://youtu.be/c889bdgesQU

O vídeo, gravado no dia 17 de dezembro e postado pela tv Folha, mostra o horror registrado na ‘casa de segurança. Após alguns passos do autor das imagens é possível ver, diante da câmera e de comentários em tom de comemoração, os corpos de Diego Michael Mendes Coelho, 21, Manoel Laércio Santos Ribeiro, 46, e Irismar Pereira, 34.

O gestão Roseana Sarney (PMDB) não quis comentar o vídeo, enviado ao governo pela Folha. Disse apenas que imagens supostamente registradas em Pedrinhas estão sendo divulgadas e poderão ser alvo de inquérito para investigar a sua veracidade.

Por | Bocão News

Deixe seu comentário. Interaja Você Também!