Professores da rede pública receberão tablets

O governo brasileiro irá investir cerca de R$ 180 milhões para a compra de tablets a serem distribuidos para professores da rede estadual de ensino no Brasil. Mais de 600 mil aparelhos deverão ser entregues no segundo semestre de 2012 pelo Ministério da Educação (MEC) visando avaliar se a rotina dos professores irá ser facilitada com a inclusão dos dispositivos e se a distribuição deve ser extendida aos alunos.

As marcas Positivo e Digibras venceram o processo de licitação, mas ainda necessitam ser testadas pelo Inmetro até o mês de Abril para aprovação. Os tablets destas marcas custam por volta de R$ 800, mas sairão a preço de custo para o governo, entre R$ 300 a R$ 400, dependendo do tamanho dos aparelhos.

Nos próprios dispositivos estarão disponíveis aplicativos com mais de 60 livros para auxiliar na preparação das aulas. Para que possam dominar o uso dos tablets, os professores irão receber um treinamento específico.

O programa de inclusão tecnológica pretende que os aparelhos sejam utilizados juntamente com a lousa digital, que já facilita a rotina de professores e alunos em diversas escolas do Brasil, mas vêm sendo implantadas principalmente em faculdades e universidades privadas do país.

Fonte / Via O Globo

Deixe seu comentário