Itamaraju: Uma possível greve não esta descartada

Mais uma vez a APLB /Sindicato de Itamaraju, esteve reunido com os profissionais da educação da rede municipal no auditório da Câmara de Vereadores de Itamaraju. O encontro aconteceu na tarde desta quinta-feira (12), onde foram discutidos sobre os rumos e interesses dos docentes.

A assembleia teve como seu principal objetivo, assuntos voltados à lei do piso nacional. Tendo como exemplo a greve geral deflagrada também pelos servidores da rede Estadual de ensino da cidade de Itamaraju e de outras cidades da Bahia que buscam os seus direitos sobre a Lei do Piso nacional.

Em assembleia o coordenador da APLB de Itamaraju, Noel Vieira, mencionou sobre um encontro estadual que acontecerá na capital do Estado (Salvador), com o objetivo de cobrar do governo baiano agilidade e cumprimento dos direitos sobre a lei do piso nos municípios.

Para esse encontro foram convocados em média de 15 e 20 profissionais da educação, que juntamente com dirigentes da APLB local, representarão a cidade.

Ao final da assembleia em forma de protesto, os dirigentes da APLB / Sindicato convocaram dezenas de profissionais para frente do Fórum da cidade, onde seria homologado um documento “Mandado de Segurança”, em desfavor do governo municipal, para o cumprimento da lei do piso.

De acordo com os representantes da APLB, o que se espera é uma nova reunião com o governo municipal, onde o mesmo solicitou um prazo que se findará na próxima segunda-feira (16).

Uma nova assembleia está prevista para acontecer na próxima terça-feira (17), onde serão descidos os rumos da “operação Tartaruga”.

Acredita-se que uma possível greve geral na rede municipal poderá ser deflagrada em Itamaraju.

Deixe seu comentário