Itamaraju: Um empate com sabor de derrota!

Chegamos à quarta rodada do Intermunicipal e a equipe de Itamaraju não consegue despontar no Intermunicipal. Apontada pela imprensa e pelos adversários do Extremo Sul como uma Seleção favorita ao título de 2012, pela qualidade e contratações ousadas de peso, que foram feitas para disputa do Campeonato no certame 2012. A Seleção Itamarajuense não consegue resgatar o seu futebol forte, que o elevou ao título de Bi-Campeã do Intermunicipal. Com um retrospecto negativo nas quatro partidas que foram feitas até agora, o selecionado Itamarajuense conseguiu apenas uma vitória diante da equipe de Medeiros Neto, duas derrotas e um empate. 

Neste clima bastante hostil por parte do torcedor Itamarajuense, muitas bulhas foram criadas dentro do grupo, em torno da derrota sofrida para equipe de Porto Seguro. Durante a semana surgiram rumores de que os jogadores se reuniram com a Diretoria da Liga, e disse que se não ganhasse o jogo diante de Belmonte, o grupo todo se auto-demitia. De imediato, com a insastifação do grupo, e com o baixo rendimento que vinha tendo dentro da Seleção, o atacante Vander, automaticamente pediu desligamento do grupo e foi embora.  E neste Domingo (19/08), jogando no “Barbosão”, diante de pouco mais de 470 torcedores pagantes, a equipe de Itamaraju não conseguiu sair do empate.

O Jogo

Com um time modificado, pela dinâmica de trabalho aplicada pelo Técnico Beto de Oliveira, colocando em campo os jogadores Robinho e Magabal,  fazendo as funções de alas, a equipe ate que ganhou uma nova tônica de jogo, saindo muito mais pelo lado direito, com a técnica e o drible rápido de Robinho.  Porém, esbarrava-se, na defesa alta e muito boa de cabeça da equipe Belmontense.  A equipe de Belmonte foi bombardeada por vários cruzamentos sem muita direção, tanto pelo lado direito, como pelo lado esquerdo, mas não chegava aos atacantes. Quando perdia a bola no meio de campo e tomava o contra-ataque, era um Deus nos acuda, porque a defesa adiantou a marcação, prendendo o adversário em seu campo, e o Ícaro voltava andando pra ajudar a marcação na defesa, mas o ataque de Belmonte era muito rápido.

Segundo Tempo

Percebendo que a bola quebrada, estava saindo rifada nos cruzamentos, o Técnico Beto de Oliveira, puxou a orelha da galera, que botou a bola no chão, e voltou a tocar e girar a bola com muito mais qualidade, ocasionando oportunidades de gols, que foram perdidas pelos atacantes Itamarajuense. O tempo passava, jogadores ansiosos para fazer o gol, uma arbitragem de péssima qualidade, um jogo truncado, faltoso, sob as vaias que vinha da arquibancada do Barbosão. Domingo que vem, Itamaraju estará enfrentando dentro de seus domínios, a equipe de Prado, precisando vencer, já que faltam apenas seis partidas complementando a primeira rodada do Intermunicipal.

 

Por | Luiz Vieira – Itamaraju Notícias

Deixe seu comentário