Violência – Teixeira de Freitas registrou 121 assassinatos em 2011

Ao comparar os dados de 2010 com 2011, foi comprovado um crescimento de 15,23 por cento no numero de homicídios registrados na delegacia Circunscricional de Teixeira de Freitas, o que mostra um crescimento muito a cima do que foi registrado em toda Bahia, e que demonstra que a cidade de Teixeira de Freitas está crescendo no quesito violência.

Em 2010, foi registrado ao longo do ano 105 mortes, sendo que houve dois latrocínios, e uma lesão corporal seguida de morte, e 102 mortes por homicídios, ou seja, morte que foi usada violência com a intenção de tirar a vida do alvejado.

Já no ano de 2011, foram registradas 121 mortes, sendo que foram 117 homicídios, uma lesão corporal seguida de morte, e três latrocínios, o que da um acréscimo de 15 mortes a mais que no ano de 2010, uma porcentagem de 15,23 por cento.

Houve curiosamente em 2011, uma redução significativa de mortes no segundo semestre, já no primeiro semestre de 2011 o crescimento foi avassalador, houve só no primeiro semestre 25 mortes a mais que no ano de 2010, o que da para cada mês mais de quatro mortes a mais que no mesmo período do ano de 2010.

Alguns dados serviram de forma negativa para o ano de 2011, por exemplo, em 2011 houve o registro de seis homicídios por dolo eventual, que são mortes por acidentes de transito, onde os autores do acidentes são indiciados por crime de homicídios, porque mesmo não tendo intenção de matar assumiu o risco, ao fazer determinado comportamento no transito, e em 2010 não houve nenhum registro de mortes neste sentido.

Também em 2011, foram registrados três homicídios dentro do sistema prisional, sendo que duas foram na carceragem de 8ª Coorpin, e uma no conjunto penal de Teixeira de Freitas, e em 2010 não foi registrado nenhuma morte desta natureza em Teixeira de Freitas.

Ainda no ano de 2011, foi registrada uma chacina onde de uma só vez três pessoas foram mortas no dia 30 de agosto de 2011, na Rua 25 de Agosto no bairro Colina Verde na zona norte de Teixeira de Freitas, em que morreram a tiros na chacina, Jéferson Ferreira de Souza o “Jefinho” de 19 anos, Juliano Santos Souza de 21 anos, Edson José Rocha Santos, o “Ed” de 21 anos, e também não houve nenhum crime desta natureza em 2010.

Na verdade só estes três fatores, elevaram em 12 o numero de mortes registradas em 2011, se isto não tivesse ocorrido Teixeira de Freitas poderia ter tido apenas o acréscimo de três mortes em relação a 2010.

Fonte / Liberdade News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *