InícioEditorialEconomiaAeronaves privadas de São Paulo levam 2,5 toneladas de doações ao RS

Aeronaves privadas de São Paulo levam 2,5 toneladas de doações ao RS

Logo Agência Brasil

Empresários e pilotos já enviaram 2,5 toneladas de mantimentos ao Rio Grande de Sul a partir do Aeroporto do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. O aeródromo é ponto de partida de jatos privados.

Nos últimos dias, foi organizada uma campanha para recebimento de doações no hangar da empresa de aviação executiva Mine Too. Empresários disponibilizaram aeronaves, foram feitas doações de combustíveis e pilotos comandaram quatro voos de forma voluntária.

Notícias relacionadas:

  • Quase 70 mil pessoas estão em abrigos gaúchos devido às fortes chuvas.
  • Reconstruir infraestrutura atingida por chuvas no RS custará R$ 19 bi.
  • CNJ inicia emissão de 2ª via de documentos em abrigos de Porto Alegre.

Os mantimentos recebidos no local, no entanto, superam as doações de combustível necessárias para levar todo o material para as famílias atingidas pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul.

Por isso, parte do material está sendo enviado também de caminhão para a região. No total, já foram enviadas, por terra e avião, mais de 20 toneladas de água, três toneladas de roupas e remédios e 12 toneladas de alimentos.

FAB

Em todo o país, a Força Aérea Brasileira (FAB) emprega 17 aeronaves para enviar doações aos municípios atingidos, além de apoiar os trabalhos de resgate. Segundo o último balanço divulgado pela Aeronáutica, já foram enviadas 108 toneladas de doações.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lira indica data para anunciar seu candidato a presidente da Câmara

IGO ESTRELA/METRÓPOLES @igoestrela 1 de 1 imagem colorida mostra arthur lira - Metrópoles...

Presidente da Petrobras diz que ainda vai avaliar dividendos

Em fala a jornalistas, Magda Chambriard despista sobre distribuição dos proventos, mas garante que...

MPRJ perto de denunciar (ou livrar) Carlos Bolsonaro por rachadinha

A investigação da suposta rachadinha no gabinete do vereador Carlos Bolsonaro chegou à reta...

Grande incêndio atinge loja em bairro alagado de Porto Alegre

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma loja de vidros no bairro Humaitá, na...

Mais para você