InícioEditorialAnalfabetismo entre crianças dobra no Brasil e ameaça avanços no combate à...

Analfabetismo entre crianças dobra no Brasil e ameaça avanços no combate à pobreza infantil

O Brasil tem registrado avanços no combate à pobreza infantil, apesar dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19. No entanto, um levantamento divulgado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) revela que a taxa de analfabetismo entre as crianças dobrou — foi de 20%, em 2019, para 40%, em 2022 —, gerando preocupações em relação à educação no país. De acordo com o Relatório sobre a Pobreza Multidimensional na Infância e Adolescência no Brasil, o Unicef utiliza seis direitos básicos —renda, educação, informação, água, saneamento e moradia — para avaliar a pobreza em crianças e adolescentes. Os dados foram obtidos a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Embora o Brasil tenha conseguido reduzir o percentual de crianças e adolescentes com privações, passando de 66,1% em 2016 para 60,3% em 2022, o Unicef considera que essa queda ainda é lenta. O relatório também aponta para as desigualdades regionais e raciais, com o Norte e o Nordeste apresentando os piores índices, e o Sul e o Sudeste, os melhores. No que diz respeito à educação, o relatório destaca um aumento no número de jovens de 4 a 17 anos na série adequada desde 2016. No entanto, em 2022, 3,4% deles ainda enfrentavam uma privação intermediária e 2,9% uma privação extrema. O Unicef ressalta a importância de uma interpretação cautelosa e contextualizada desses dados, considerando os impactos da pandemia e as medidas adotadas, como a aprovação automática.

Os resultados apresentados pelo Unicef reforçam a necessidade de investimentos e políticas públicas efetivas para garantir o acesso à educação de qualidade e combater o analfabetismo entre as crianças no Brasil. Segundo o relatório, é fundamental que sejam implementadas estratégias que promovam a inclusão e o desenvolvimento pleno de todas as crianças e adolescentes, independentemente de sua origem ou condição socioeconômica.

 

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Cartões de confirmação do CNU, com locais de prova, saem nesta quinta

O governo federal disponibiliza, a partir das 10h desta quinta-feira (25/4), o cartão de...

Apostas em corte de 0,25 ponto percentual da Selic batem novo recorde

As apostas dos investidores num corte de 0,25 ponto percentual da taxa básica de...

Zona Franca de Manaus mantém benefícios fiscais com reforma tributária

Proposta de regulamentação da reforma tributária dá incentivos para a produção industrial e para...

Governo consegue adiar sessão sobre derrubada de vetos de Lula, evita derrotas e contraria Lira

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira...

Mais para você