InícioNotíciasPolicialApós discussão, frentista joga gasolina e ateia fogo em cliente

Após discussão, frentista joga gasolina e ateia fogo em cliente

Uma discussão resultou em uma cena chocante em um posto de gasolina em Curitiba, no Paraná. Um cliente de um posto de combustíveis de Curitiba teve o corpo incendiado por um frentista neste sábado (18).

De acordo com testemunhas, o crime aconteceu após uma discussão entre vítima, Caio Murilo Lopes dos Santos, de 34 anos, e Paulo Sérgio. O cliente do posto reclamou que, ao abastecer o carro, o funcionário danificou a chave do veículo dele.

Nas imagens é possível ver que enquanto os dois discutem, o frentista está segurando uma bomba de combustível. Em dado momento, o funcionário dispara o líquido inflamável no homem. Poucos segundos depois, o fogo começa. Não dá para ver como o fogo começa.

Outro frentista, que tem treinamento para casos de incêndio, pega um extintor próximo e consegue ajudar a vítima. Logo após as chamas apagarem, Paulo Sérgio volta a se aproximar de Caio para agredi-lo. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, homem teve queimaduras e foi encaminhado para Hospital Evangélico. A defesa do posto de gasolina disse que demitiu frentista e presta apoio à vítima e autoridades.

A Polícia Civil informou que um boletim de ocorrência foi formalizado e que o caso será analisado pela autoridade policial.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Holocausto “não pode ser comparado a nada”, diz chanceler alemã

Annalena Baerbock está no Brasil para o encontro de ministros do G20 e foi...

Grupo que matou jovem fez outra vítima com “mesmo modus operandi”

Os envolvidos na morte do vendedor Matheus Silva Cruz (foto em destaque), 23 anos,...

Rio de Janeiro decreta epidemia de dengue

O Estado do Rio de Janeiro decretou nesta quarta-feira, 21, epidemia de dengue em...

Tudo acordado com o Executivo sobre emendas foi sancionado, diz Haddad

“Isso foi reconhecido pelo próprio Arthur Lira”, afirma o ministro da Fazenda em relação...

Mais para você