InícioEditorialEsportesApresentado pelo Bahia, Biel minimiza pressão e comemora fase da carreira

Apresentado pelo Bahia, Biel minimiza pressão e comemora fase da carreira

Jovem atacante, bons números no currículo e alto investimento do Bahia. Gabriel Teixeira chega ao tricolor com a pompa de ser a primeira grande compra realiza pelo clube nessa nova era de contratações gerenciada pelo Grupo City, mas o jogador apresentado pelo Esquadrão nesta quinta-feira (29) preferiu tirar o foco do peso do negócio e olhar para o trabalho que quer desempenhar na equipe.

“Acho que pressão para mim não tem porque eu vim trabalhando bastante para chegar nesse ponto. Fico feliz por ter sido a maior contratação do clube e a torcida do Bahia pode esperar muito de mim que eu vou me empenhar bastante, vou trabalhar o máximo para que eu possa estar sempre à disposição para ajudar o mister [Renato Paiva] e o Bahia, principalmente”, afirmou Biel durante sua apresentação em coletiva na Fonte Nova.

O apelido, aliás, foi pauta durante a entrevista e o atacante deixou claro que não se incomoda.

“Prefiro que seja Biel, é diferente. É um apelido carinhoso para mim, então espero que seja assim pro pelo resto da minha carreira”, completou.

Essa será a segunda passagem do atleta com a camisa do Bahia em sua carreira. A primeira, ainda pelas divisões de base, deixou boas lembranças para o jovem atacante, que relembrou dos momentos que viveu no Fazendão, antigo CT do clube. “Eu fico feliz em voltar, é gratificante para mim voltar um pouco mais maduro e, claro, sei que eu vou aprender muito mais aqui ainda. Eu já até passei ali em Itinga, vi o meu Fazendão, fiquei muito feliz e emocionado por ter feito parte desse momento e agora voltando um pouco mais maduro”, lembrou o jogador.

Na última temporada, Biel foi peça importante na campanha de acesso do Grêmio de volta à Série do Brasileirão. Pelo tricolor gaúcho, participou de 33 jogos, sendo 31 como titular, marcou cinco vezes e deu seis assistências. O atacante atuou a maior parte da temporada jogando pelas beiradas e sendo uma opção de velocidade no setor ofensivo. No Bahia, Gabriel Teixeira tem tido conversas com o treinador Renato Paiva para definir seu posicionamento em campo e o jogador afirmou que hoje se sente à vontade para atuar em mais de uma função.

“Já conversei com o mister, ele já me chamou para conversar, e perguntou se eu preferia jogar por dentro ou por fora. Eu falei que deixaria a critério dele, aonde ele me enxergar bem, seja por dentro ou por fora, só quero estar bem e disponível para ele me colocar e eu vou dar meu máximo para ajudar o Bahia”, definiu. Sobre o estilo de jogo que lhe agrada, Gabriel Teixeira foi direto na resposta: “Para mim, tanto no toque [de bola] ou na velocidade está perfeito”.

O desempenho na última temporada também mostra que Biel pode ser participativo no ataque tricolor tanto servindo os companheiros quanto marcando os gols. E se depender do atacante, o técnico Renato Paiva poderá aproveitá-lo das duas formas. “Eu quero fazer os dois [marcar gols e assistências]. No momento que tiver que dar o passe, vou dar o passe. No momento que tiver que fazer o gol, vou fazer o gol. A única coisa que eu quero é ajudar, independente do que seja”, concluiu.

Biel já vinha sendo observado pelo Grupo City há algum tempo e ao retornar de empréstimo para o Fluminense no começo da temporada foi procurado pelo tricolor baiano para ser contratado. Os gaúchos optaram por não fazer proposta de compra.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Bahia mobiliza especialistas para auxiliar no enfrentamento das enchentes no Rio Grande do Sul

Em resposta à crise hidrológica que afeta o Rio Grande do Sul, o Estado...

Eduardo Bolsonaro elogia sheik árabe por doações ao RS

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) disse que Mohammed Bin Zayed é o “maior...

Irã: vice diz que resgate fez contato com passageiros de helicóptero

Getty Images 1 de 1 Imagem colorida de Ebrahim Raisi - Metrópoles ...

Enchentes no RS afetam 2,3 milhões de moradores e causam 157 mortos

As enchentes no Rio Grande do Sul elevaram neste domingo (19) o número de...

Mais para você