InícioEditorialPolítica NacionalArcabouço fiscal vai permitir que governo cobre diminuição dos juros, diz Tebet

Arcabouço fiscal vai permitir que governo cobre diminuição dos juros, diz Tebet

Ministra do Planejamento chamou a nova regra de ‘bala de prata’ e afirmou que projeto pode zerar déficit fiscal no próximo ano ‘sem comprometer os gastos sociais’

FáTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Simone Tebet acompanha o Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, durante coletiva de imprensa em Brasília (DF), no dia 12 de janeiro

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB), participou nesta quinta-feira, 13, de um evento conjunto promovido pela Prefeitura e Câmara de Araraquara (SP) e afirmou no local que o novo arcabouço fiscal – produzido em parceria com o Ministério da Fazenda – vai “arrumar a casa” nas contas públicas do governo federal para, “aí sim”, cobrar do Banco Central uma diminuição na taxa básica de juros que atualmente encontra-se em 13,75%. “É este arcabouço que vai ser apresentado semana que vem, essa é a bala de prata, arrumamos a casa, mostramos que somos bons pagadores, mostramos que estamos fazendo o dever de casa e vamos cobrar, aí sim nós vamos cobrar que os juros de 13,75% caiam”, afirmou. De acordo com a política, a população civil e o empresariado não conseguem mais ter crédito para gerar emprego e renda devido ao alto patamar em que a Selic – taxa básica de juros – se encontra.

Tebet também argumentou que é possível zerar o déficit fiscal do próximo ano “sem tirar dinheiro, sem comprometer os gastos com social”. Mesmo apresentado pelo governo federal, o novo arcabouço ainda não foi protocolado no Congresso e a previsão é de que o texto seja encaminhado ao Legislativo na próxima segunda-feira, 17. O texto prevê que as despesas do governo federal poderá crescer até 70% da variação da receita. Entretanto, o crescimento estará limitado em um avanço real de 0,6% ao ano até 2,5% ao ano, valores correspondentes ao piso e o teto de crescimento. Caso aprovada, a proposta deverá substituir o teto de gastos – que limita o aumento das despesas da União.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

STF valida uso de vestimenta religiosa em fotos oficiais

Por unanimidade, Corte estabeleceu que é constitucional o uso de acessórios de cunho religioso...

PETO recupera veículo, onde vítima chegou a ser baleado durante assalto

Nesta quarta-feira (17) de abril, militares do PETO conseguiram recuperar um veículo com restrição...

Com plenário vazio, deputados veem futebol em meio a articulação quente entre Lira e governo Lula

Foto: Levy Teles/Estadão Deputados assistem à cobrança de pênaltis entre Manchester City e...

Regulamentos sobre a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos

A Lei Federal nº 14.133/2021 representa um marco importante no cenário das licitações públicas...

Mais para você