InícioEditorialArquidiocese de São Paulo encerra investigação sobre padre Júlio Lancellotti

Arquidiocese de São Paulo encerra investigação sobre padre Júlio Lancellotti

A Arquidiocese de São Paulo anunciou que encerrou a investigação sobre o padre Júlio Lancellotti, que foi alvo de denúncias de conteúdo sexual feitas pela presidência da Câmara Municipal. Em comunicado, a instituição afirmou que não possui provas suficientes para comprovar a veracidade das acusações e mencionou um parecer do Ministério Público de 2020 sobre o mesmo caso. A decisão foi informada ao Vaticano, de acordo com a Arquidiocese. A nota ressalta que a Cúria Metropolitana de São Paulo “continuará atenta a novos elementos de verdade sobre os fatos denunciados, sem se deixar influenciar por interesses ideológicos ou políticos”. O vídeo em questão foi enviado pelo presidente da Câmara, vereador Milton Leite (União Brasil), na última segunda-feira. No entanto, a autenticidade do material não foi comprovada e mostra um homem se masturbando. Em 2020, o mesmo vídeo foi alvo de uma investigação do Ministério Público de São Paulo, que decidiu arquivar a denúncia. O padre Júlio Lancellotti é alvo de acusações feitas pelo vereador Rubinho Nunes (União Brasil), autor do requerimento para a abertura de uma CPI que visa investigar as ONGs que atuam no centro de São Paulo.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

No início do ano, sete vereadores que haviam assinado o documento para a instauração da CPI retiraram o apoio após Lancellotti, líder da Pastoral do Povo de Rua, ser apontado como o principal alvo da comissão. Os parlamentares afirmaram terem sido enganados pelo autor da CPI, já que o texto não mencionava o padre. Nunes alega ter contratado uma perícia que comprova a autenticidade do vídeo e afirma que o homem nas imagens é o religioso. O padre Júlio Lancellotti preferiu não comentar o assunto, enquanto seu advogado, Luiz Eduardo Greenhalgh, afirmou que se trata de uma montagem. O vereador Nunes também enviou o material para o Ministério Público de São Paulo, o Ministério Público Federal e a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lewandowski determina inspeções em penitenciárias federais

Ministério da Justiça diz que câmeras defeituosas devem ser substituídas e o efetivo de...

Pomba ou rola? Chico Pinheiro detona Silas Malafaia. Entenda!

Chico Pinheiro virou assunto nesta quarta-feira (21/2), depois de fazer uma publicação bastante polêmica...

TV Globo toma atitude após atraso no pagamento de figurantes

Depois da coluna Fábia Oliveira noticiar que figurantes da TV Globo estavam reclamando da...

Mais para você