InícioNotíciasPolíticaAtirador mata três em Jacksonville, na Flórida: “Ele odiava os negros”

Atirador mata três em Jacksonville, na Flórida: “Ele odiava os negros”

Um atirador matou dois homens e uma mulher, todos negros, em uma loja de Jacksonville, no estado norte-americano da Flórida, na tarde deste sábado (26/8). De acordo com as autoridades locais, o crime foi motivado por ódio racial. “Este tiroteio teve motivação racial e ele odiava os negros”, disse o xerife T.K. Waters, de Jacksonville, em uma entrevista coletiva.

O homem fez postagens racistas em redes sociais antes de cometer o massacre, num bairro majoritariamente negro, informa a agência Associeted Press.

Ele atirou em si mesmo após o massacre e morreu. O homem, que era branco, não foi identificado, mas o xerife disse que sua idade era na casa dos 20 anos. Ele morava em Clay County, também na Flórida, ao sul de Jacksonville, com seus pais.

“Estou enojado com a ideologia pessoal deste atirador covarde”, disse ainda o xerife.

O ataque aconteceu por volta das 14h numa loja chamada Dollar General. O atirador usava máscara e atirou cum um fuzil AR-15 e com uma pistola Glock, segundo as autoridades norte-americanas.

Governador da Flórida e pré-candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, o mesmo de Donald Trump, Ron DeSantis divulgou vídeo dizendo que “o canalha que fez isso estava racialmente motivado, ele escolheu seus alvos com base na raça deles”.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Lula diz que lançará consignado para todos os trabalhadores

Em entrevista à “RedeTV!”, o presidente afirmou que mais de 40 milhões de pessoas...

Distrito Federal ultrapassa 100 mil casos de dengue em 2024

O Distrito Federal atingiu a marca de mais de 100 mil casos de dengue...

PEC que amplia isenção tributária para templos religiosos avança em comissão da Câmara

A comissão especial da Câmara dos Deputados encarregada de avaliar a Proposta de Emenda...

8 de Janeiro me preocupa mais que golpe militar de 1964, diz Lula

A 1 mês dos 60 anos da tomada de poder pelos militares, presidente declarou...

Mais para você