InícioEditorialPolítica NacionalAtor ganha dinheiro imitando séries dos EUA no TikTok

Ator ganha dinheiro imitando séries dos EUA no TikTok

André Cowds tem 9,5 milhões na rede social e se sustenta a partir de contratos para anunciar marcas

André Cowds é um ator que mescla o audiovisual tradicional do cinema e da TV para o TikTok, onde acumula 513 mil seguidores de 9,5 milhões de visualizações. A maioria das produções do artista são inspiradas nas comédias clássicas de televisão norte-americanas, como “Friends“ e “How I Met Your Mother“. Ele também aposta em outros gêneros, como versões exageradas de seriados de investigação, como “CSI“. 

Atualmente com 30 anos, o influenciador diz que faz todo o processo de produção de conteúdo sozinho com seus equipamentos. “Edito, escrevo, roteirizo. É um pouquinho de cada coisa”, declarou em entrevista ao Poder Empreendedor. 

A renda dele vem de contratos para divulgar um produto ou uma marca –chamadas de “publis”, no jargão da internet. Ele conta que o preço de cada uma depende de algumas variáveis, como tempo de produção, deslocamento e quantidade de pessoas envolvidas no projeto. “É muito difícil precificar. O que funciona para mim não é algo que funciona para um amigo meu”, falou. Segundo ele, um acordo tende a custar de R$ 5.000 a R$ 10.000. 

André relata que o dinheiro é suficiente para seu sustento e que já esteve em situações financeiras menos favoráveis: “Agora as coisas deram uma melhorada. Não vou dizer que está bom, mas que está confortável”. 

Segundo ele, por mais que a quantia de um trabalho seja relativamente alta, um blogueiro pode passar um bom tempo sem conseguir fechar outra parceria.

Conforme foi crescendo na internet, o empreendedor afirmou ter recebido mais propostas de parcerias. Entretanto, isso não seria garantia: “Chegar marca na gente não significa que vai fechar um contrato. Às vezes você dá um preço que acha justo e elas não aceitam. Chegar sempre chega, agora fechar é uma outra questão”.

Para receber os pagamentos, André se tornou um MEI (Microempreendedor Individual). Ao integrar a categoria, de certa forma, ele se torna sua própria empresa. Tem direito a emitir nota fiscal e a um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), além de outros benefícios, como aposentadoria por idade. 

ESTUDOS E INVESTIMENTOS André estudou artes cênicas, ou seja, é um ator. Ele conta que muitos dos seus aprendizados na profissão foram importantes para sua formação e que não deixa de trabalhar com isso só porque grava vídeos na vertical para as redes sociais. 

“De certa forma, eu estou sendo ator e trabalhando com isso”, declarou na entrevista. Natural do Rio de Janeiro, estudou artes em no grupo de teatro Arte & Vida, de uma ONG (Organização não governamental) da cidade de Magé, região metropolitana da capital fluminense. 

Eventualmente, ele faz testes para papéis em mídias mais tradicionais, como teatro, TV e streaming. Falou que a web pode ser uma forma de aumentar a visibilidade de seu trabalho.

Além da atuação, o influenciador disse se preocupar em estudar sobre aspectos técnicos do cinema. O objetivo dessa dedicação é apresentar o estilo de séries e filmes exatamente como ele é para os seus seguidores. Segundo ele, são detalhes sutis, mas que fazem toda a diferença.

Por exemplo, em uma comédia norte-americana no estilo sitcom (gravadas em estúdio com uma plateia ao vivo, no molde de “Vai que Cola”) as luzes são mais artificiais por causa dos refletores do local. André faz o possível para imitar esse aspecto técnico em suas gravações. 

“Tentei acrescentar, em um conteúdo de rede social, que é mais simples, principalmente o visual daquelas do produto que estou ‘copiando’ e fazendo a brincadeira de forma básica.”

Para atingir esses efeitos, o jovem conta com alguns equipamentos que adquiriu ao longo de sua jornada nas redes sociais. Atualmente, ele conta com: 

duas luzes RGB (aquelas que mudam de cor); 1 softbox (refletor de luz maior usado em estúdios); 4 tripés para apoiar o seu celular;  1 iPhone 13 para gravar e editar as produções.  Ele disse que aprendeu a manusear os itens em tutoriais em vídeo na internet: “Gente, pelo amor de Deus, vai no YouTube. Tem tudo que você quiser lá”.

O aplicativo que usa para editar os vídeos é geralmente o CapCut. Gratuito, ele usa ferramentas básicas (corte, separação de áudio e trasição) e algumas um pouco mais avançadas (legendas e chroma key). 

Apesar de contar com esse aparato, o blogueiro diz que muitos de seus feitos técnicos são feitos com improviso. Contou de uma vez que posicionou a tampa de um depósito de comida na frente do softbox para obter uma luz vermelha. Quando começou, usava muito a iluminação natural do sol. 

André diz que seus equipamentos eram comprados em varejistas estrangeiras, especialmente da China. Lá os preços tendem a ser mais baratos. Ele afirma que a decisão do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de taxar produtos importados abaixo de US$ 50 foi prejudicial para seu negócio. 

“Fiquei muito chateado. Não estava sabendo, de verdade, da taxação. Não tinha me ligado”, declarou. 

RELAÇÃO COM AS REDES André atua especialmente em duas redes sociais, o Instagram e o TikTok. Ele conta com mais seguidores na 2ª conta, com 513 mil. Na outra, tem 89.200. 

Apesar da quantidade menor, ele diz que o Instagram tem fidelizado melhor os usuários. Por exemplo, se um vídeo no TikTok viraliza, o número de visualizações não seria igualmente convertido em seguidores. No Instagram, é o contrário. 

“Essa galera gostou muito e essa galera ficou porque elas gostaram, se interessaram e isso é bom. No TikTok, não teve isso. O vídeo viralizou até mais do que no Instagram, mas não me trouxe muitos seguidores.”

CONVITES O comediante relatou insatisfação de ser ignorado para alguns convites e só ser considerado no mês da Consciência Negra, em novembro. “Nunca me chamaram para nada, aí no meio da Consciência Negra recebo e-mail”, disse. 

RAIO-X regime tributário – MEI;  nº de funcionários – trabalha sozinho;  faturamento – de R$ 5.000 a R$ 10.000 por publi; e-mail para parcerias – [email protected]; TikTok; Instagram.

Você sabia que o Itamaraju Notícias está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.

Últimas notícias

Bolsonaro nega golpe e defende anistia a “pobres coitados” do 8 de Janeiro

Ex-presidente disse que é preciso “caprichar” no voto nas eleições municipais deste ano ...

Projeto de anistia pedido por Bolsonaro já foi apresentado por Mourão

Gustavo Moreno/Metrópoles 1 de 1 O presidente Bolsonaro fala ao pé do ouvido do...

Moto é tomada em assalto na BR-101 em Itamaraju

A vítima de um assalto, procurou as autoridades policiais para detalhar sobre o terror...

Mais para você